Vapor Lamego ancorado junto à Fortaleza de Anhatomirim

O jornal O Despertador, em nota intitulada "Vapor da Côrte" noticiou que o vapor Lamego, devido ao seu grande calado, não pode adentrar ao porto da cidade de Desterro (atual Florianópolis), em 8 de janeiro de 1866, ficando fundeado no ancoradouro da Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim. A dita embarcação foi enviada do Rio de Janeiro pelo Governo Imperial para recolher a tropa aquartelada em Desterro e conduzi-la ao Rio da Prata, palco do Guerra do Paraguai que se encontrava em curso naquela região. O jornal informa ainda que o traslado dos militares do porto da cidade para o vapor Lamego foi realizado no dia seguinte pela embarcação Marcílio Dias.

  • Documento Impresso
  • Jornal O Despertador
  • 1866
  • Florianópolis
  • Português
  • In: O Despertador, nº 313, ano IV, Desterro, 12 de janeiro de 1866, p. 2. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/DocReader.aspx?bib=709581&PagFis=1187; acesso em 7/6/2016
  • Download

Contribuições

Atualizado em 07/06/2016 pelo tutor Projeto Fortalezas Multimídia (Daniela Marangoni Costa).



Imprimir o conteúdo


Cadastre o seu e-mail para receber novidades sobre este projeto


Fortalezas.org > Bibliografia > Vapor Lamego ancorado junto à Fortaleza de Anhatomirim