Relatório do Ministro da Guerra, Francisco de Paula Argollo, em maio de 1905

"Apresentado ao Presidente da República dos Estados Unidos do Brasil pelo Marechal Francisco de Paula Argollo, Ministro de Estado da Guerra, em maio de 1905."

No que diz respeito às fortificações, na página 35, o relatório menciona a Fortaleza de Santa Cruz da Barra (RJ) e a estação radiográfica que seria lá instalada. Na página seguinte menciona-se o projeto de regulamento para o serviço das fortificações e o projeto para instalação de duas estações radiotelegráficas, uma no forte da Igrejinha [juto ao atual Forte de Copacabana] e outra no Imbuhy.

As colônias militares são mencionadas a partir da página 37, começando pela Colônia Militar do Iguaçu (PR), que apresentava problemas na taxação de impostos de importação pela falta de uma repartição fiscal, e também sofria de um surto de varíola pelo mau estado do sistema de saneamento (a página 45 informa os andamentos da construção da estrada de rodagem ligando esta colônia à cidade de Guarapuava, e a seguinte informa a ligação telegráfica entre as mesmas). A Colônia Militar de Chapecó (SC), caracterizada pelo oportuno clima e localização, propícios à cultura agrícola, e ao mesmo tempo pelos empecilhos causados pelas más vias de comunicação. A Colônia Militar de Chopim (PR) também é mencionada, com sua cultura canavieira sobressalente e vias de comunicação necessitadas de melhorias.

A página 40 informa que a Fortaleza de São Sebastião do Castelo (RJ) foi transferida para o Ministério da Indústria, Viação e Obras Públicas. De acordo com o relatório, na página 47, uma linha telegráfica foi instalada no Forte Novo de Coimbra (MS).
Entre as páginas 47 e 51 são mencionadas diversas obras realizadas nas seguintes fortificações: Óbidos (PA), Forte das Cinco Pontas (PE), fortes de São Marcelo e São Pedro (BA), Laje, Santa Cruz, São João, Imbuhy, Igrejinha de Copacabana (RJ), Itaipu (SP), Forte Caxias de São Gabriel (RS). O relatório atenta para a falta de verbas e para a impossibilidade de executar reformas nos quartéis e fortificações do Estado de Santa Catarina. A página 52 traz a indicação feita para o desarmamento do Forte de São Paulo da Gamboa (BA).

Em anexo, entre as páginas 221 e 223 do arquivo PDF, o Coronel José Agostinho Marques Porto relata sua experiência com a tentativa de motim na Fortaleza de São João da Barra (RJ).

  • Documento Impresso
  • Francisco de Paula Argollo
  • Imprensa Nacional
  • 1905
  • Rio de Janeiro
  • Português
  • Relatório do Ministério da Guerra, Rio de Janeiro, 1905, 322 p. Disponível em: http://memoria.bn.br/pdf/720950/per720950_1905_00004.pdf. Acesso em: 22/05/2019.
  • Download

Contribuições

Atualizado em 22/05/2019 pelo tutor Projeto Fortalezas Multimídia (Nicole Kirchner da Silva).



Imprimir o conteúdo


Cadastre o seu e-mail para receber novidades sobre este projeto


Fortalezas.org > Bibliografia > Relatório do Ministro da Guerra, Francisco de Paula Argollo, em maio de 1905