Relatório do Ministro da Guerra, Emygdio Dantas Barreto, em maio de 1911

"Relatório apresentado ao Presidente da República dos Estados Unidos do Brasil pelo general de divisão, Emygdio Dantas Barreto, Ministro de Estado da Guerra, em maio de 1911."

Sobre as fortificações militares, o relatório informa, nas páginas 25 e 27, serviços necessários nos fortes de São Francisco Xavier de Tabatinga (AM), Dom Pedro II do Imbuhy e Tamandaré da Laje (RJ). Na página 27, o documenta menciona reparos necessários no Forte de Tabatinga e que acabara de ser concluída a bateria da Serra da Escama (Forte Gurjão). Segundo informado na página 28, os fortes do Cabedelo (PB), Cinco Pontas (PE), Nossa Senhora do Monte do Carmo (Barbalho), Nossa Senhora do Pópulo e São Marcelo (BA), bateria de Imbetiba e da Ponta do Leme (RJ) também necessitavam de obras. Entre as páginas 29 e 33, são mencionadas obras no Forte Batalhão Acadêmico (Forte de Gragoatá) e Imbuhy (RJ), nas fortalezas de Santa Cruz e São João da Barra (RJ), nos fortes de Copacabana e Tamandaré da Laje (RJ), Novo de Coimbra (MS), Corumbá (MS), e na Bateria do Morro da Viúva (RJ). Na página 32 se informa que o Forte Duque de Caxias de Itaipu (SP) foi concluído em outubro de 1910. Na página 33, o documento menciona obras na Fortaleza de Paranaguá (PR). Na página 49, cita a conveniência de adaptar o Forte de São Marcos (MA) para nele aquartelar a segunda bateria independente. O Forte de Santo Antônio da Barra (MA) também recebeu reparos, como consta na página 52 do relatório. Na página 61 se menciona o uso da Fortaleza de Santa Cruz (RJ) como presídio de militares excluídos, sentenciados e a sentenciar. Nesta página ainda se comenta novamente sobre o Forte do Imbuhy. Na página seguinte, novamente o documento se refere aos fortes Batalhão Acadêmico e Bateria (Forte) Marechal Hermes (RJ). Mais a frente, a página 65 novamente menciona mudanças necessárias na Fortaleza de São João da Barra (RJ).

A Colônia Militar do Alto Uruguay (RS) é mencionada, na página 83, com informações sobre sua população, estado de infraestrutura e atividades econômicas.

Em anexo, na página 381 do arquivo PDF, constam maiores informações sobre as obras militares realizadas no Forte Novo de Coimbra (MS).

  • Documento Impresso
  • Emygdio Dantas Barreto
  • Imprensa Militar
  • 1911
  • Rio de Janeiro
  • Português
  • Relatório do Ministério da Guerra, Rio de Janeiro, 1911, 512 p. Disponível em: http://memoria.bn.br/pdf/720950/per720950_1911_00001.pdf. Acesso em: 07/06/2019.
  • Download

Contribuições

Atualizado em 07/06/2019 pelo tutor Projeto Fortalezas Multimídia (Nicole Kirchner da Silva).



Imprimir o conteúdo


Cadastre o seu e-mail para receber novidades sobre este projeto


Fortalezas.org > Bibliografia > Relatório do Ministro da Guerra, Emygdio Dantas Barreto, em maio de 1911