Novas (velhas) batalhas: educação patrimonial no contexto das fortificações de Pernambuco

As fortificações pernambucanas revelam um riquíssimo valor histórico e cultural, sendo testemunhos da ação portuguesa e holandesa em Pernambuco durante o período do Brasil Colonial. A importância dessa época refletida nos dias de hoje, através de memórias, identidades e referências culturais da comunidade na qual estão inseridas as fortificações, são a base do livro "Novas (velhas) batalhas: educação patrimonial no contexto das fortificações de Pernambuco".

A publicação é resultado do projeto Educação e Patrimônio compartilhado: Brasil e Holanda, realizado no Forte das Cinco Pontas, no Forte do Brum, no Forte Orange e em suas imediações. Ao longo de 2018, o projeto mobilizou professores e alunos de sete escolas do Recife e da Ilha de Itamaracá, para a elaboração de um inventário participativo, desenvolvido pelo Núcleo de Educação Patrimonial do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). O levantamento traz significativo registro das referências culturais relevantes para a valorização e preservação das fortificações, permitindo identificar e enaltecer a importância histórica desses bens culturais, a partir do ponto de vista da comunidade.

  • Livro
  • Gabriela Romeu
  • IPHAN
  • 2019
  • Brasília
  • Português
  • 139 p, 25 cm, ilustrado, colorido.

Contribuições

Atualizado em 16/08/2019 pelo tutor Projeto Fortalezas Multimídia (Nicole Kirchner da Silva).



Imprimir o conteúdo


Cadastre o seu e-mail para receber novidades sobre este projeto


Fortalezas.org > Bibliografia > Novas (velhas) batalhas: educação patrimonial no contexto das fortificações de Pernambuco