A manutenção do território na América portuguesa frente à invasão espanhola da ilha de Santa Catarina em 1777

“O presente trabalho busca analisar os meandros da invasão espanhola na ilha de Santa Catarina em 1777 e os mecanismos de manutenção do território da América portuguesa. Dessa forma, surge a necessidade de estudar o espaço geográfico e suas funções políticas, ou seja, a imprescindibilidade de manter, defender e conservar os domínios preestabelecidos do império português. Foi somente no segundo quartel do século XVIII que a coroa portuguesa desenvolveu um planejamento estratégico do território. A ilha de Santa Catarina recebeu importância tática para manter uma ligação direta com o centro da colônia (Rio de Janeiro), o Rio Grande de São Pedro e a Colônia do Santíssimo Sacramento. Este espaço geopolítico sofreu alterações significativas. O receio de invasões, conquistas, incursões ou mesmo pequenos assédios de um inimigo que nunca adormece, transformou o espaço geográfico. Primeiramente foram construídas diversas fortalezas, redutos e aos poucos a emigração de açorianos e madeirenses metamorfoseou o ambiente da ilha. Entretanto, esta política não foi capaz de conter o avanço de tropas espanholas. Em 1777, D. Pedro de Cevallos invadiu a ilha sem qualquer resistência. No mesmo ano, Portugal e Espanha assinaram o Tratado de Santo Ildefonso que restabeleceu o território aos portugueses.”

  • Capítulo
  • Jeferson Mendes
  • CEHC-IUL
  • 2014
  • Lisboa
  • Portugues
  • In: Property Rights, Land and Territory in the European Overseas Empires. Editado por José Vicente Serrão et al., p. 55-65. Disponível em: https://bit.ly/2YhZzXo. Acesso em: 19/06/2020.
  • Download

Contribuciones

Actualizado en 19/06/2020 por el tutor Projeto Fortalezas Multimídia (Nicole Kirchner da Silva).



Imprima el contenido


Registre su correo electrónico para recibir noticias sobre este proyecto


Fortalezas.org > Bibliografia > A manutenção do território na América portuguesa frente à invasão espanhola da ilha de Santa Catarina em 1777