Fortín de Santo António do Ibo

Ibo, Cabo Delgado - Mozambique

O "Fortim de Santo António do Ibo" localiza-se a SSE na vila do Ibo, na ilha de mesmo nome, no arquipélago das Quirimbas, província de Cabo Delgado, em Moçambique. Constituía-se na última peça defensiva do seu ancoradouro.

História

Antecedentes

Neste local existia um estabelecimento Swahili, que rechaçou o ataque Português da Armada de D. Pedro de Castro em 1522.

Em 1752 a província de Moçambique foi desmembrada do Estado Português da Índia, e, em 1761, a povoação do Ibo foi elevado à categoria de vila, constituindo-se na primeira capital de Cabo Delgado. O governo foi instalado em 1764, com a Câmara Municipal e tribunal.

Conheceu o seu apogeu económico graças ao comércio de escravos, cuja abolição, na primeira metade do século XIX, decretou um lento declínio económico que se consumou politicamente com a transferência das últimas repartições da administração de Cabo Delgado para Pemba (então Porto Amélia), em 1929.

O Forte de Santo António

A ilha foi atacada por corsários Franceses com base nas ilhas de França e Reunião em 1796, e por piratas Sakalava de Madagascar em 1808 e 1815, responsáveis por extensos danos, entre os quais, na incursão de 1815, do incêndio da Igreja Matriz.

Embora sobre o portão do baluarte interior uma inscrição epigráfica assinale a sua conclusão em 1847, assim como o nome do Governador responsável à época, o pesquisador Carlos Lopes Bento regista que naquele momento apenas foram empreendidas extensas reparações na estrutura. De fato, nas "Memórias Estatísticas" de Xavier Botelho, a fortificação já se encontra mencionada, apontando Lopes Bento que a sua construção terá tido lugar de outubro de 1818 ao meado de 1819.

O motivo da construção deste fortim terá sido o reforço da defesa da ilha que, à época, esperava um novo ataque dos Sakalava.

Posteriormente serviu como cadeia.

Características

Em aparelho de pedra coral e cal, apresenta planta quadrangular com 16,75 metros de frente por 17,35 metros de fundo. A muralha apresenta cerca de 1,93 metros de altura, e o parapeito 1,43 metros. Em seu centro ergue-se um baluarte com 7,58 metros de frente por 7,64 metros de fundo e a altura de 3,5 metros, onde existia um mastro para içar a bandeira real. Daqui avistavam-se as embarcações e um sistema de sinais transmitia as ocorrências até à residência do Governador.

Estava artilhado com 19 peças: 11 distribuídas pelas canhoneiras nas muralhas e 8 no baluarte.



 Related character


 Print the Related character

Related bibliography 


 Print the Related bibliography

Contribution

Updated at 29/03/2014 by the tutor Carlos Luís M. C. da Cruz.


  • Fortín de Santo António do Ibo

  • Forte de Santo António, Reduto de Santo António

  • Fortin

  • 1818 (AC)

  • 1819 (AC)



  • Portugal


  • Restored and Well Conserved








  • 291,00 m2

  • Continent : Africa
    Country : Mozambique
    State/Province: Cabo Delgado
    City: Ibo



  • Lat: 12 20' 43''S | Lon: 40 -36' 38''E




  • 19 peças de artilharia antecarga, de alma lisa.






Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Fortification > Fortín de Santo António do Ibo