Fortim de Nossa Senhora do Rosário

Jijoca de Jericoacoara, Ceará - Brazil

O Fortim de Nossa Senhora do Rosário localizado na ponta de Jericoacoara (Buraco das Tartarugas, no dialeto indigena), entre a foz do Rio Acaraú e do Rio Camocim, na cidade de Jijoca de Jericoacoara do Estado do Ceará.

Segundo Souza (1885), o Fortim de Nossa Senhora do Rosário, fortificação de campanha erguida no contexto da ofensiva de conquista do Maranhão aos franceses, não passou de uma simples estacada de faxina e terra, levantada em 1613 por Jerônimo de Albuquerque Maranhão (1548-1618), quando aportou com suas forças nesse ancoradouro, enquanto o Capitão-mór Martim Soares Moreno saía para reconhecer as posições francesas no litoral a norte. Souza (1885) complementa ainda que, ante a demora no retorno de Moreno, Jerônimo de Albuquerque retorna a Pernambuco, deixando uma guarnição de 40 homens armados com mosquetes nesta posição, sob o comando de Jerônimo de Albuquerque Sobrinho.

Nesse período, o fortim repeliu ataques de indígenas e em seguida dos corsários franceses de Du Pratt, tido sido evacuado e destruído por ordem de seu comandante, Manoel de Souza D'Eça (12/out/1614), retirando-se para a Ilha de Periá, na costa do Maranhão (vide Fortim da Ilha de Periá). Segundo Barretto (1958), no contexto da Guerra Holandesa (1630-54), quando os holandeses ocuparam o Fortim de São Sebastião na foz do Rio Ceará (out/1637), ocupam também as ruínas deste fortim, que recebeu novas obras de fortificação, levantadas por Jacob Evers.

Um levante de indígenas destruirá esta posição em 28/fev/1644. Ainda segundo Barretto (1958), o Mestre-de-Campo André Vidal de Negreiros (1606-80) determinará construir uma fortificação permanente na ponta de Jericoacoara (1655), a fim de estabelecer e apoiar comunicação permanente por terra entre o Ceará e o Maranhão. Aparentemente nunca foi concluída e ""(...) algumas peças que aí foram levadas para armar essa bateria, ou estão sepultadas na areia ou, como asseveram alguns habitantes do lugar, foram roubadas para bordo de embarcações que aí foram", segundo o "Relatório Circunstanciado do Estado das suas Fortificações" apresentado em 1843 pelo Presidente da Província do Ceará José Maria de S. Bitancourt.



 Related character


 Print the Related character

Related bibliography 


 Print the Related bibliography



Related links 

Fortificações da ponta de Jericoacoara
Página da Enciclopédia Wikipédia versando sobre as fortificações da ponta de Jericoacoara, que localizavam-se na ponta de Jericoacoara ("buraco das tartarugas", em língua tupi), atual município de Jericoacoara, no litoral Noroeste do Estado do Ceará, no Brasil.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Fortifica%C3%A7%C3%B5es_na_ponta_de_Jeric...

 Print the Related links

Contribution

Updated at 23/05/2013 by the tutor Roberto Tonera.

With the contribution of contents by: Carlos Luís M. C. da Cruz.


  • Fortim de Nossa Senhora do Rosário


  • Fortin

  • 1613 (AC)


  • Jerônimo de Albuquerque Maranhão


  • Portugal


  • Missing






  • Disappeared

  • ,00 m2

  • Continent : South America
    Country : Brazil
    State/Province: Ceará
    City: Jijoca de Jericoacoara

    Localizado na ponta de Jericoacoara (Buraco das Tartarugas, no dialeto indigena), entre a foz do Rio Acaraú e do rio Camocim, no litoral do Estado do Ceará.


  • Lat: 2 47' 8''S | Lon: 40 29' 59''W










Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Fortification > Fortim de Nossa Senhora do Rosário