Torre de Santa Ana

Las Palmas, Las Palmas - España

Búsqueda de Imágenes de fortificación

Fecha 1 Fecha 2

Medias (1)

Imágenes (1)

A “Torre de Santa Ana”, também referida como “Cubelo de Santa Ana”, localizava-se na cidade e município de Las Palmas de Gran Canaria, no nordeste da ilha de Gran Canaria, na província de Las Palmas, Comunidade Autónoma das Canárias, na Espanha.

História

Foi erguida em 1554 com a função de reforço da cintura muralhada da cidade, sobre o ancoradouro então conhecido como "Charco de Los Abades".

Em maio de 1599, Maurício I de Nassau, Estatuder das Províncias Unidas (1584-1625) em luta pela independência da Espanha, encarregou o almirante Pieter van der Does (1562-1599), de atacar territórios espanhóis, nomeadamente cidades, portos e ilhas. De acordo com PINTO DE LA ROSA (1996), diante das advertências do risco de ataque, convocaram-se na Grã Canária as Juntas de Defesa, deliberando-se a revisão do estados dos “castillos” de La Luz, de Santa Ana e de San Pedro (San Cristóbal), bem como do cubelo de San Francisco e das muralhas e entrincheiramentos de Santa Catalina e do istmo de Guadarteme.

Desse modo, teve participação ativa na defesa da cidade quando do ataque do corsário neerlandês Pieter van der Does em junho de 1599, sob o comando de seu alcaide, Alonso Venegas Calderón, artilhada com 4 peças de grosso calibre, abundante munição (de guerra e de boca), e numerosa guarnição (RUMEU DE ARMAS, 1947:808). vindo a cair nas mãos dos assaltantes e abrindo caminho para a conquista da cidade.

Como resposta a esse ataque, em outubro de 1600 Filipe III de Espanha (1598-1621) expediu uma Real Cédula pela qual se adjudicavam um pouco mais de 5 milhões de maravedis para a fortificação da cidade. Em concreto a cédula fixava as prioridades de atuação: após a reparação do Castillo de Santa Ana e do entrincheiramento da praia, estava prevista a construção do Castillo de San Francisco, sendo encarregado das obras o engenheiro militar Próspero Casola.

Foi reparada em 1601, sob a direção de Geronimo de Valderrama y Tovar, enviado à Gran Canaria para reparar as fortificações:

"Informado S. M. de los quebrantos padecidos en esta isla de Canaria, y que ocasionaron la invasion que hizo la armada holandesa, mandò por Gobernador á Geronimo de Valderrama y Tovar, año de 1601, soldado de conocimiento é inteligencia de la arquitectura militar (...), para que dispusiese lo mas conveniente á las defensas, y que levantó luego, y puso en defesa los castillos de la Luz, y de santa Ana, y dejó planificada la fortificacion de la montaña de San Francisco, conviniéndose con las trazas que envió el comendador Tiburcio Spanoqui, inginiero." (CASTILLO, 1848:256)

Esta estrutura não chegou até aos nossos dias.

Bibliografia

CASTILLO, Pedro Agustin del (1848). Description Historia Y Geografica de Las Islas de Canaria. Santa Cruz de Tenerife, Imprensa Isleña.



 Personajes relacionados


 Imprima Personajes relacionados

Bibliografías relacionadas 


 Imprima Bibliografías relacionadas

Contribuciones

Actualizado en 02/03/2020 por el tutor Carlos Luís M. C. da Cruz.

Contribuciones con medias: Carlos Luís M. C. da Cruz (1).


  • Torre de Santa Ana

  • Cubelo de Santa Ana

  • Batería

  • 1554 (DC)




  • España


  • Desaparecida






  • Desaparecida

  • ,00 m2

  • Continente : África
    País : España
    Estado/Província: Las Palmas
    Ciudad: Las Palmas



  • Lat: 0 -0' 0'' | Lon: 0 -0' 0''




  • 1599: 4 peças antecarga, de alma lisa, de grosso calibre.






Imprima el contenido


Registre su correo electrónico para recibir noticias sobre este proyecto


Fortalezas.org > Fortificación > Torre de Santa Ana