Castillo de Penha da Rainha

Monção, Viana do Castelo - Portugal

O “Castelo de Penha da Rainha”, também referido como "Castelo de São Martinho de Penha", localizava-se no local de São Martinho da Penha, na freguesia de Abedim, concelho de Monção, distrito de Viana do Castelo, em Portugal.

Implantado no topo de um maciço granítico – o alto de São Martinho ou Penha da Rainha -, é de difícil acesso mas excelente visibilidade da área envolvente.

História

Antes mesmo do surgimento da povoação de Monção, Penha da Rainha já se constituía em Julgado com o mesmo nome cuja área abrangia o atual concelho de Monção até ao rio Mouro, a terminar em Merufe.

A referência mais antiga ao seu castelo encontra-se na “Chronica Adefonsi Imperatoris” ("Crónica do imperador Afonso", autor anônimo, meados do século XII), que relata os fatos do reinado de Afonso VII de Leão e Castela (1126-1157), no trecho relativo à campanha de Val-de-Vez.

A povoação recebeu carta de foral passado por Afonso III de Portugal (1248-1279) em 1268.

Mais tarde, extinto o julgado, o povoado desapareceu totalmente, caindo em ruínas.

Com a criação de uma linha de fortificações ao longo da raia do rio Minho, as fortificações situadas mais para o interior perderam importância estratégica e foram sendo votadas ao abandono. No caso das ruínas do Castelo de Penha da Rainha, no início do século XVIII a sua pedra foi reaproveitada pelo pároco de Abedim para as obras da sua igreja.

Nas "Memórias Paroquiais" de 1758, o pároco da freguesia, Jerónimo Dias da Silva, com data de 9 de abril, informou que, numa monstruosa "penha de penedice", onde para ir é muito laborioso, há uma capela dedicada a São Martinho, também conhecida por São Martinho da Penha, de que é benefício simples e "come a sesta parte dos frutos" da freguesia, rendendo com estas e seus limites cerca de 80$000; alguns davam-lhe o nome de castelo de São Martinho por haver memória que um senhor destas terras, chamado Abbedis, "no tempo da infidelidade" o construíra e ali colocara a sua esposa que se convertera à fé Católica, com guardas, para ver se ela desistia dessa devoção; contudo, havendo uma grande falta de peixe, o "Altíssimo do ceo" enviou-lhe uma grande truta por meio de uma águia, que lha lançou em seu regaço; e ela enviou-a a seu marido com a mensagem que não temesse a fome, que a "Magestade Divina a tinha muito favorecido de todos os mantimentos", acabando ele por se converter também à fé Católica; o pároco refere que no dito castelo da penha se acham alguns vestígios, "adonde se não vai senão com muito trabalho por ser entradas muito apertadas e perigosas", alguns monumentos que mostram que nele houve "alguma povoação ou assistência", uma cisterna ou pia que conserva sempre água, que alguns devotos usam para as suas maleitas; na região, há a devoção de ir visitar a ermida no dia da Ascensão do Senhor e os de São Martinho de Bascons, concelho de Coura, vêm a ela em romaria; o castelo de São Martinho fica confinado com o castelo de Forna.

Atualmente, desta fortificação resta apenas o local, podendo vislumbrar pequenas marcas de uma cerca e, sobre um morro rochoso, resquícios de uma antiga torre de menagem.

Da igreja românica de São Martinho, sagrada pelo bispo da Diocese de Tui, D. Pedro I, em junho de 1204, nada resta e a atual ermida, possivelmente no mesmo local da primitiva igreja, datará dos séculos XVIII ou XIX.

A proposta de abertura do processo de classificação do Castelo da Pena Rainha ou Castelo de São Martinho pela DRCNorte data de 29 de abril de 2013, e o despacho de abertura da diretora-geral da Direção-Geral do Património Cultural de 3 de maio. O Anúncio nº 206/2013 de abertura do processo foi publicado no Diário da República, II Série, nº 110, em 7 de junho de 2013.

Características

Castelo roqueiro, isolado, rural, na altitude de 418 metros acima do nível do mar.

Bibliografia

CAPELA, José Viriato. "As freguesias do distrito de Viana do Castelo nas Memórias Paroquiais de 1758". Braga: Casa Museu de Monção / Universidade do Minho, 2005.

PINTOR, Manuel António Bernardo (Pe.). “Obra Histórica, vol. I”. Monção: Rotary Clube de Monção, 2005.

Bibliografías relacionadas 


 Imprima Bibliografías relacionadas

Contribuciones

Actualizado en 25/01/2016 por el tutor Carlos Luís M. C. da Cruz.


  • Castillo de Penha da Rainha

  • Castelo de São Martinho de Penha

  • Castillo





  • Portugal


  • Desaparecida

  • Monumento Sin Protección Legal





  • Desaparecida

  • ,00 m2

  • Continente : Europa
    País : Portugal
    Estado/Província: Viana do Castelo
    Ciudad: Monção



  • Lat: 41 -60' 34''N | Lon: 8 31' 31''W










Imprima el contenido


Registre su correo electrónico para recibir noticias sobre este proyecto


Fortalezas.org > Fortificación > Castillo de Penha da Rainha