Bateria da Laje da Peça

Vila do Porto, Autonomous Region of Azores - Portugal

Search for fortification's images

Date 1 Date 2

Medias (2)

Images (2)

A "Bateria da Laje da Peça", também referida como "Forte da Lage", localizava-se na ponta do Risco, (BASTO, 1997:269) aproximadamente a meio caminho entre a chamada "poça do Carro" e a praia de Lobos, na freguesia e concelho de Vila do Porto, ilha de Santa Maria, na Região Autónoma dos Açores, em Portugal.

História

TOFIÑO (1789) em seu roteiro, assim referiu este trecho da costa da ilha:

"Desde la Punta del Islote dos Frades sigue la Costa para el O. hurtando hácia el S. hasta la Punta dos Ponderados, que es la mas occidental de la Isla: en el intermedio se hallan las del Furado, que es baxa y tiene una restinga visible como de un cable de extension, y desde la qual para el O. sigue la Costa baxa y pareja; y la del Cabrestante, entre la qual y la del Furado se forma ensenadita y baradero para Botes y Lanchas, que llaman Puerto de Santa Ana, que es de facil reconcimiento por tres ó quatro casas, y una Batería que hay en su orilla. (...)" (Op. cit., p. 199)

FIGUEIREDO (1960) assim referiu o local e a sua fortificação em 1815: ''Este sítio [o lugar dos Anjos] era uma boa Caloira e ainda tem rasteiros de boas vinhas, tem um castello com seis peças e caza de vigia [Forte de Nossa Senhora da Praia dos Anjos], e um outro d'uma peça no porto onde se varam os barcos.'' (Op. cit., p. 207)

E sobre a sua artilharia confirmou: ''Segue-se a Praia dos Lobos onde está um pequeno Castelo d'uma pessoa [peça]. (Mais adiante fica o Castello).'' (Op. cit., p. 220) Essa informação é corroborada pelo capitão engenheiro Francisco Borges da Silva, na relação "(...) Baterias que há no perímetro da Ilha (...)" em 1816, onde se refere: "Forte da Laje na Senhora dos Anjos, com uma peça incapaz." ("Estatística Geral e Particular da Ilha de S. Miguel, Topographia Geral ou descripção física ou natural". in: TORRES, José de, "Variedades Açorianas", (man.), vol. X, fls. 1-186v.)

Encontra-se assinalado na "Carta militar e topo-hydrographica da Ilha de S.ta Maria levantada em 1822 e dezenhada em 1824 (...)" pelo mesmo oficial (GEAEM 1131/3-44-4), na ponta do Furado, na margem direita da foz da ribeira de Santana.

A "Relação" do marechal de campo Júlio José Fernandes Basto, 1.º barão de Basto, comandante da 10.ª Divisão Militar (Açores), em 1862 referiu-o como "Forte da Lage" e informou que se encontrava muito arruinado. (Op. cit., p. 269)

O "Relatório" do Coronel Mesquita (1864) indica-o como "Forte da Laje", sem maiores informações. (MESQUITA, 1864, apud MARTINS. 2013:258)

KERHALLET (1881) em fins do século do XIX atualiza as informações de TOFIÑO, indicando:

"Entre la pointe Frades et la Pointe Cabrestante, la côte est comparativement basse, et, dans cette partie, plusieurs petites baies offrent parfois un abri aux bateaux du pays. La plus fréquentée de ses baies est celle où l'on voit un village sur le bord d'une rivière; elle est comprise entre la pointe Frades et la Pointe Furado, sur laquelle s'elève le petit fort de Risco." (Op. cit., p. 72)

Atualmente restam apenas vestígios de seu primitivo muro, sem qualquer sinalização ou proteção legal, no caminho que se inicia no porto, adiante da Furna de Santana, que embora parte importante da história da ilha, também não se encontra adequadamente sinalizada para os visitantes.

  • Bateria da Laje da Peça

  • Forte da Lage, Forte do Risco

  • Battery





  • Portugal


  • Missing

  • Monument with no legal protection





  • Disappeared

  • ,00 m2

  • Continent : Europe
    Country : Portugal
    State/Province: Autonomous Region of Azores
    City: Vila do Porto



  • Lat: 37 -1' 39''N | Lon: 25 9' 43''W




  • 1815: 1 peça antecarga, de alma lisa.
    1816: 1 peça antecarga, de alma lisa, incapaz.






Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Fortification > Bateria da Laje da Peça