Fort of Nossa Senhora dos Prazeres

Vila do Porto, Autonomous Region of Azores - Portugal

Search for fortification's images

Date 1 Date 2

Medias (3)

Images (3)

O "Forte de Nossa Senhora dos Prazeres", também referido como "Forte da Fajã da Maia" e "Forte da Maia", localizava-se no lugar da Maia, na freguesia do Santo Espírito, concelho de Vila do Porto, ilha de Santa Maria, na Região Autónoma dos Açores, em Portugal.

História

Na costa leste da ilha, possivelmente cooperava com outra bateria na vizinha ponta do Castelete, referida como "Castelinho" e que se acredita remontar ao século XVII.

O lugar da Maia possuiu, em tempos idos, dois pequenos portos piscatórios: o da baía e o de Domingos de Moura.

No contexto da Guerra da Sucessão de Espanha (1701-1713/1715) encontra-se referido pelo marechal Castelo Branco na relação "Fortificações nos Açores existentes em 1710" como "O Forte de Nossa Senhora dos Prazeres, (...)." (Op. cit., p. 180) uma vez que próximo ao local se ergue, desde 1685, uma ermida sob a mesma invocação (Ermida de Nossa Senhora dos Prazeres).

O tenente-coronel do Real Corpo de Engenheiros, José Carlos de Figueiredo, assim referiu o local e a sua fortificação em 1815: "(...) Há também um castelo com duas peças [de artilharia] e duas vigias e uma ponta metida no mar chamada do Castelo, dista da Villa quatro legoas." (Op. cit., pp. 216-217) E sobre a artilharia deu conta: "- Dito [forte] sito na Fajã da Maia com duas peças corrutas e tem vigia." (Op. cit., p. 223) Essa informação é corroborada pelo capitão engenheiro Francisco Borges da Silva, na relação "(...) Baterias que há no perímetro da Ilha (...)" em 1816, onde se refere: "Forte da Fajã da Maia, com duas peças em mau estado." ("Estatística Geral e Particular da Ilha de S. Miguel, Topographia Geral ou descripção física ou natural". in: TORRES, José de, "Variedades Açorianas", (man.), vol. X, fls. 1-186v.)

Encontra-se assinalado na "Carta militar e topo-hydrographica da Ilha de S.ta Maria levantada em 1822 e dezenhada em 1824 (...)" (GEAEM 1131/3-44-4) pelo mesmo oficial, fronteira à antiga ermida em terra, e à Baixa da Maia, no mar.

A "Relação" do marechal de campo Júlio José Fernandes Basto, 1.º barão de Basto, comandante da 10.ª Divisão Militar (Açores), em 1862 informou que se encontrava arruinado. (Op. cit., p. 269)

O "Relatório" do Coronel Mesquita (1864) indica-o como "Forte da Maia", sem maiores informações. (MESQUITA, 1864, apud MARTINS. 2013:258)

Atualmente desaparecido, de acordo com antigos moradores acredita-se que um fragmento de muro ainda de pé, seja o seu último remanescente.

  • Fort of Nossa Senhora dos Prazeres

  • Forte da Fajã da Maia, Forte da Maia

  • Fortin





  • Portugal


  • Missing

  • Monument with no legal protection





  • Disappeared

  • ,00 m2

  • Continent : Europe
    Country : Portugal
    State/Province: Autonomous Region of Azores
    City: Vila do Porto



  • Lat: 36 -57' 35''N | Lon: 25 0' 49''W




  • 1815: 2 peças antecarga, de alma lisa, inservíveis.
    1816: 2 peças antecarga, de alma lisa, em mau estado.






Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Fortification > Fort of Nossa Senhora dos Prazeres