Tower of Mortella

Saint-Florent, Haute-Corse - France

Search for fortification's images

Date 1 Date 2

Medias (3)

Images (3)

A “Torre de Mortella” localiza-se no lugar de Mortella, na comuna de Saint-Florent, departamento da Alta Córsega, na França.

História

A ilha da Córsega, desde muito uma possessão de Génova, foi invadida com êxito pelos franceses com o apoio dos turcos no Verão de 1553. Em novembro desse mesmo ano o almirante genovês Andrea Doria iniciou uma contraofensiva.

Anos mais tarde, em 1563, Filipe II de Espanha (1558-1598) cedeu os serviços de Giovan Giacomo Palearo Fratino aos genoveses, aliados da Espanha, para auxiliar com as defesas da Córsega. Giacomo chegou à ilha a 29 de janeiro de 1563, acompanhado pelo coronel Giorgio Doria, tendo passado o resto do ano na ilha, onde melhorou a defesa das cidadelas de Calvi, Ajaccio, Bastia e Bonifacio, e erguendo novas fortificações ao longo da costa. Em 30 de dezembro de 1563, após ter deixado a ilha, deu aos genoveses um diagrama e instruções (atualmente nos arquivos de Génova) para erguer uma torre no lugar de Mortella, para apoiar a defesa da cidade de San Fiorenzo, protegendo a entrada do seu golfo.

As torres à época presentavam planta tipicamente quadrada e, no topo, possuíam matacães. Giacomo Palearo projetou uma torre cilíndrica com 3 pavimentos, com uma plataforma para artilharia no topo, sem matacães, um design inovador que só foi aceite após alguma resistência.

A Torre de Mortella, construída entre 1564 e outubro de 1565, foi a primeira das que ficariam conhecidas genericamente como "Torres Martello", largamente empregadas para defesa de pontos vulneráveis do litoral.

No final de 1793 os defensores franceses da torre tinham-na abandonado, após a fragata britânica HMS Lowestoffe (32 canhões) ter despejado o fogo de seus dois costados sobre ela. Pouco depois os franceses conseguiram desalojar a guarnição de patriotas Corsos que os tinha substituído na torre.

Em 7 de fevereiro de 1794, duas fragatas britânicas, a HMS Fortitude (74 canhões) e a HMS Juno (32 canhões), atacaram a Torre de Mortella, que lhes resistiu dois dias sob pesado bombardeio, vindo a cair apenas quando uma força de terra, sob o comando de Sir John Moore, a cercou. A torre dispunha então de apenas duas peças do calibre 18 e uma do calibre 6, e estava guarnecida por 38 homens. Embora tenha vindo a ser capturada, a sua resistência foi tão impressionante que ainda no fim do século XVIII e ao longo do século XIX o Reino Unido copiou a sua estrutura, erguendo torres Martello na Colónia do Cabo (1796), Halifax (1796-1798), Minorca (1798-1808), na costa sul da Grã-Bretanha (1803-1812), Dublin (1804), Quebec (1805), Jersey (1807), Orkney (1812), Saint John e New Brunswick (1812). Os britânicos, entretanto, grafaram incorretamente o nome “Mortella” como “Martello”, difundindo-se este último. O projeto foi adotado também pelos Estados Unidos da América na década de 1820 e a última torre Martello foi construída em Key West, em 1873.

Quando os britânicos se retiraram da Córsega em 1803, fizeram explodir, com grande dificuldade, a Torre de Mortella, inutilizando-a.

As suas ruínas encontram-se classificadas desde 1991 como "Monument historique", sob a referência n.º PA00099279 pelo governo da França, .

De acordo com o Ministério da Cultura francês, a Torre de Mortella foi construída por Doria em 1553–1554 em vez de 1565. Isso se deve possivelmente à confusão entre o almirante Andrea Doria e o coronel Giorgio Doria, este último o responsável pela construção das fortificações.

Características

Exemplar de arquitetura militar.

As torres Martello constituíam-se em estruturas cilíndricas, com cerca de 10 a 15 metros de altura, com paredes muito espessas, de alvenaria ligada com argamassa. Poderiam contar com artilharia pesada em sua cobertura, e acomodações para 15 ou 20 soldados no pavimento térreo.



 Related character


 Print the Related character

Contribution

Updated at 19/08/2018 by the tutor Carlos Luís M. C. da Cruz.

Contributions with medias: Carlos Luís M. C. da Cruz (3).


  • Tower of Mortella


  • Fortified Tower

  • 1564 (AC)

  • 1565 (AC)



  • Spain


  • Semiconserved Ruins

  • National Protection
    As suas ruínas encontram-se classificadas desde 1991 como "Monument historique", sob a referência n.º PA00099279 pelo governo da França, .





  • Ruins

  • ,00 m2

  • Continent : Europe
    Country : France
    State/Province: Haute-Corse
    City: Saint-Florent



  • Lat: 42 -43' 7''N | Lon: 9 -16' 36''E




  • 1794: 2peças do calibre 18 e 1 do calibre 6.






Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Fortification > Tower of Mortella