Castle of Coruche

Santarém, Santarém - Portugal

O “Castelo de Coruche” localizava-se na vila de Coruche, distrito de Santarém, em Portugal.

História

A ocupação humana do vale do rio Sorraia remonta ao Paleolítico, de acordo com os vestígios arqueológicos, entre os quais sobressaem exemplares de conjuntos megalíticos.

À época da Romanização o povoamento concentrou-se junto ao rio, via de comunicação por excelência, permitindo o escoamento e recepção de produtos agrícolas e mercadorias.

Quando do período de domínio muçulmano, a povoação de Coruche assumiu uma importância estratégica entre as cidades de "Xantarîn" (Santarém) e "Yâbura" (Évora), datando desse período a construção de uma fortificação.

Afonso I de Portugal (1143-1185) alcançou Coruche em 1166, vindo a entregar os seus domínios, em 1176, aos Freires de Santa Maria de Évora (posteriormente Ordem de Avis). Para incrementar o seu povoamento e defesa, outorgou o primeiro foral à vila em 26 de maio de 1182, nos mesmos moldes do de Évora. Esse diploma foi confirmado em 1189 por Sancho I de Portugal (1185-1211). Quando as forças Almóadas de Abu Iúçufe Iacube Almançor (1184-1199), na campanha de 1190-1191 avançaram para o Norte, arrasaram alguns castelos, nomeadamente os de Alcácer do Sal, Canha, Coruche e Palmela, entre outros.

No local do antigo castelo subsiste a Ermida de Nossa Senhora do Castelo, que a tradição remonta a D. Afonso I. Do seu adro descortina-se uma vista panorâmica da vila, do rio e da campina do vale do Sorraia.



 Related character


 Print the Related character

Contribution

Updated at 21/09/2018 by the tutor Carlos Luís M. C. da Cruz.


  • Castle of Coruche


  • Castle





  • Portugal

  • Between 1190 and 1191 (AC)

  • Missing






  • Disappeared

  • ,00 m2

  • Continent : Europe
    Country : Portugal
    State/Province: Santarém
    City: Santarém



  • Lat: 0 -0' 0'' | Lon: 0 -0' 0''










Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Fortification > Castle of Coruche