Castle of Sidon

Sidon, South Governorate - Lebanon

Search for fortification's images

Date 1 Date 2

Medias (1)

Images (1)

O “Castelo de Sídon”, também referido como “Castelo do Mar”, “Sagette” ou “Sayette” pelos Cruzados (em árabe: "Kalaat Saida al-Bahriya"), localiza-se na cidade e distrito de Sídon, no atual Líbano.

Situado em uma pequena ilha conectada a terra firme por uma larga calçada de 80 metros de comprimento, constitui-se em um dos sítios arqueológicos mais importantes da cidade.

História

A primitiva ocupação de seu sítio remonta a um templo dedicado a Melkart, a versão fenícia de Hércules.

À época das Cruzadas constituiu um senhorio, vassalo do Reino de Jerusalém.

A cidade foi conquistada aos Fatimitas em dezembro de 1110 e cedida a Eustácio I Grenier por Balduíno I de Jerusalém. Seria reconquistada para os muçulmanos por Saladino em 1187, até nova conquista cristã em 1197 por Amalrico II de Jerusalém, com a ajuda de cruzados germânicos sob o comando do arcebispo de Mogúncia, quando também retomaram Beirute.

O castelo foi erguido pelo senhor de Sídon, Balian Grenier (1202-1240), a partir de 1227.

Em 1260 o Império Mongol conquistou Damasco, aliado ao Reino Arménio da Cilícia e ao Principado de Antioquia. Julião Grenier, descrito por seus contemporâneos como irresponsável e leviano, e que hipotecara o senhorio de Sídon à Ordem do Templo em 1254, tentou saquear territórios sob o domínio dos mongóis. O general mongol Kitbuqa enviou o seu sobrinho para obter satisfações, mas Julião emboscou e liquidou esta pequena força.

Em resposta, Kitbuqa saqueou a cidade de Sídon, destruindo-lhe as muralhas e massacrando os cristãos, chegando mesmo a assaltar o castelo. Arruinado financeiramente após a batalha de Ain Jalut (3 de setembro de 1260), Julião viu o seu senhorio ser tomado pela Ordem do Templo no mesmo ano. Esta conservou a cidade até à sua conquista definitiva pelos Mamelucos em 1291, juntamente com Tiro e São João de Acre.

O castelo foi parcialmente destruído pelos Mamelucos na ocasião, vindo a ser por eles reconstruído, momento em que lhe adicionaram a calçada de ligação a terra firme.

Posteriormente o castelo caiu em abandono, vindo a ser restaurado no século XVII pelo emir Fakhreddine II, apenas para vir a ser grandemente danificado.

Em nossos dias subsistem apenas duas torres unidas por um pano de muralha. As paredes exteriores das colunas romanas foram utilizadas como reforços horizontais, uma característica frequente nas fortificações construídas sobre ou próximo a antigos sítios romanos.

Contribution

Updated at 05/01/2015 by the tutor Carlos Luís M. C. da Cruz.

Contributions with medias: Carlos Luís M. C. da Cruz (1).


  • Castle of Sidon

  • Castelo do Mar, Sagette, Sayette, Kalaat Saida al-Bahriya

  • Castle

  • 1227 (AC)




  • Lebanon


  • Conserved Ruins






  • Tourist-cultural Center

  • ,00 m2

  • Continent : Asia
    Country : Lebanon
    State/Province: South Governorate
    City: Sidon



  • Lat: 33 -35' 58''N | Lon: 35 -23' 45''E







  • Castelo Templário



Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Fortification > Castle of Sidon