Fortaleza de Itaipú

Praia Grande, São Paulo - Brazil

Search for fortification's images

Date 1 Date 2

Medias (2)

Images (2)

A Fortaleza de Itaipú localiza-se na ponta de Itaipu em Praia Grande, dominando a barra de São Vicente, no litoral do Estado de São Paulo. É formada por três fortificações denominadas Duque de Caxias, Jurubatuba e General Rego Barros.

Projetado em 1896, destinava-se a controlar o movimento de embarcações na barra de São Vicente, acesso ao porto de Santos, reforçando a defesa da baixada santista. A sua artilharia inicial compunha-se de seis canhões Krupp 150mm L/50 e foi encomendada em 1901.

O Forte Duque de Caxias foi artilhado com quatro canhões Schneider-Canet de 150 mm, com o terrapleno voltado para o mar aberto, e as dependências de apoio protegidas no subterrâneo. O Forte da Ponta de Jurubatuba, concluído em 1920, foi edificado em concreto e armado com dois canhões também Schneider-Canet de 150 mm, com o terrapleno voltado para o interior da baía e dependências de apoio subterrâneas. Já o Forte General Rego Barros, era totalmente subterrâneo, com planta em forma de "U" definindo os dois acessos. Havia ainda a Bateria Gomes Carneiro, armada com canhões Krupp de 75 mm, e uma bateria de obuseiros no alto do morro, obra que não foi concluída, sendo abandonada em 1911 (MORI, 2003:210-11).

Os anos de 1902 e 1903 foram consumidos na execução das obras de infra-estrutura: estradas, contenção de encostas e pontes de acesso, inclusive um viaduto com vão livre de 20m e flecha de 6m. A partir de 1903, inicia-se a construção da primeira bateria, e em seguida, entre 1904 e 1906, são levantados o Quartel, o Paiol, a Casa do Comandante e outras edificações. A partir de 1909 é iniciada a segunda bateria, de obus (Bateria General Carneiro), e no ano seguinte as obras complementares. As suas obras foram executadas pelo Coronel Ximeno Villeroy (GARRIDO, 1940:135). Inaugurado, o forte foi posteriormente ampliado e melhorado.

Durante a Revolução Constitucionalista de 1932, a guarnição do Forte de Itaipú alinhou-se ao lado dos revolucionários que lutavam contra o governo do Presidente Getúlio Vargas (1930-45) (GARRIDO, 1940:136). Bombardeado por uma esquadrilha de hidroaviões governistas, a guarnição substituiu estratégicamente os canhões Schneider (com alcance de 9 Km), por réplicas de madeira, embarcando a verdadeira artilharia e munição no "Fantasma da Morte", um trem adaptado pelos revolucionários, utilizado na linha de combate. Segundo Mori (2003:211) em 1942 os modelos antigos de canhões foram substituídos por Vickers-Armstrong de 152,4 mm, comprados nos Estados Unidos, modelo de 1917, pesando cerca de 11 toneladas, com alcance de tiro de até 18.000 metros e cadência de até 3 tiros por minuto.

Na década de 1950 encontrava-se guarnecido pelo 5º Grupo de Artilharia de Costa, artilhado com canhões Schneider-Canet de 150 mm (BARRETTO, 1958:267). A partir de 1960 abrigou o VI Grupo de Artilharia de Lista Motorizada. Atualmente, as instalações do forte encontram-se abertas à visitação pública, e existe projeto para transformá-lo em complexo turístico.

 



 Related character


 Print the Related character

Related bibliography 

Fortificações do Brasil: Resumo Histórico
Anníbal Barretto

Book
1958
 
Fortificações do Brasil
Carlos Miguez Garrido

Book
1940
 
Arquitetura Militar: um panorama histórico a partir do Porto de Santos
Adler Homero Fonseca de Castro
Carlos A. C. Lemos
Victor Hugo Mori

Book
2003
 
Circuito dos fortes da Costa da Mata Atlântica: cinco séculos em 8 pontos estratégicos
Governo do Estado de São Paulo

Folder
2005
 
Circuito dos fortes da Costa da Mata Atlântica: cinco séculos em 8 pontos estratégicos
Carlos Zundt
Tamara Gakiya Medvechikoff
André Santana Meireles
Francisco Gomes da Costa Neto

Catalog
2005
 
Circuito Turístico dos Fortes: Região Metropolitana da Baixada Santista.
Elcio Rogério Secomandi

Book
2005
 
Fortes e Fortificações do Litoral Santista
J. Muniz Jr.

Book
1982
 
Fortalezas Multimídia
Roberto Tonera

Cd-Rom
2001
 
Actas virtuais do 6° Seminário Regional de Cidades Fortificadas e 1° Encontro Técnico de Gestores de Fortificações
Universidade Federal de Santa Catarina

Annals
2010
 
Casa do Trem Bélico (1734): resgate das fortificações coloniais de defesa do Porto de Santos pelo aproveitamento turístico
Elcio Rogério Secomandi

Article
2010
 
A primeira e a última linhas de tiro do Brasil: as fortalezas de Santos
Sergio Willians

Article
2011
 
Nossas guerras. Considerações históricas dos seus recursos
Antonio Gonçalves Meira
Coralio B. P. Cabeda

Book
2009
 
Armada no mar & Bandeiras na terra
Elcio Rogério Secomandi

Book
2013
 

 Print the Related bibliography



Related links 

Forte de Itaipu
Página da Enciclopédia Wikipédia versando sobre o Forte Duque de Caxias de Itaipu, melhor conhecido simplesmente por Forte de Itaipu, que localiza-se na ponta de Itaipu, em Praia Grande, dominando a barra de São Vicente, no litoral do Estado de São Paulo, no Brasil.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Forte_de_Itaipu
Circuito Turístico dos Fortes
Website animado da Unisantos, mostrando o circuito turístico dos fortes da região metropolitana da Baixada Santista, no Estado de São Paulo. Colorido e bem estruturado, o website possui versões em português, inglês e espanhol e traz imagens e informações sobre os fortes de São João da Bertioga, São Luiz, Nossa Senhora do Montserrat, Augusto e dos Andradas, Fortaleza de Itapema, de Santo Amaro, de Itaipu e Casa do Trem Bélico.

http://www.unisantos.br/circuitofortes/
Fortificações em Santos
Website Brasil Viagem, versando sobre as seguintes fortificações em Santos, Estado de São Paulo: Forte de São João da Bertioga, Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande e Fortaleza de Itaipú.

http://www.brasilviagem.com/materia/?CodMateria=52&CodPagina=183
Fortaleza de Itaipú
Website Novo Milênio, versando sobre a Fortaleza de Itaipú, que se localiza na ponta de Itaipu em Praia Grande, dominando a barra de São Vicente, no litoral do Estado de São Paulo. Este conteúdo se estende por 8 páginas que se acessam por link em forma de seta, localizado no canto inferior direito da página do site.

http://www.novomilenio.inf.br/pg/pgh004.htm
Fortificações em São Paulo
Website Guia Viagem Turismo, versando sobre as seguintes fortificações localizadas no Estado de São Paulo: Forte de São Tiago da Bertioga (ou São João), Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande e Fortaleza de Itaipú.

http://www.guiaviagemturismo.com.br/roteiros-fortes-santos.aspx
Fortaleza de Itaipú
Website Guia Praia Grande, versando sobre a Fortaleza de Itaipú, que se localiza na ponta de Itaipú, em Praia Grande, dominando a barra de São Vicente, no litoral do Estado de São Paulo. O website traz fotos e curiosidades relacionadas à fortificação.

http://www.guiapraiagrande.com.br/pontos-turisticos.asp?ponto-turistic...
Fortificações de São Paulo
Website Folha Online, versando sobre as seguintes fortificações: Fortaleza de Itaipú, Forte Augusto, Casa do Trem Bélico, Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande, Forte dos Andradas, Fortaleza de Itapema, Forte São Luiz e Forte São João. Apresenta informações referentes a localização e telefone para contato.

http://www1.folha.uol.com.br/folha/turismo/noticias/ult338u5386.shtml
Fundação Cultural Exército Brasileiro: Projetos
Website da Fundação Cultural Exército Brasileiro, versando sobre as informações referentes ao Projeto Cultural Fortaleza de Itaipu.

http://www.funceb.org.br/projetos/projetoitaipu.html
Fortaleza de Itaipu
Website do Sistema Cultural do Exército, apresentando algumas informações acerca do Fortaleza de Itaipu. A fortificação localiza-se na ponta de Itaipu em Praia Grande, dominando a barra de São Vicente, no litoral do Estado de São Paulo.

http://www.dphcex.ensino.eb.br/?page=itaipu

 Print the Related links



Related programs 


 Print the Related programs

Contribution

Updated at 23/05/2013 by the tutor Projeto Fortalezas Multimidia (Mayra).

With the contribution of contents by: Carlos Luís M. C. da Cruz.

Contributions with medias: Projeto Fortalezas Multimidia (Mayra) (1), Projeto Fortalezas Multimidia (Elisangela) (1).


  • Fortaleza de Itaipú

  • Fortaleza de Itaipús

  • Fortress

  • 1902 (AC)


  • Erico Augusto de Oliveira


  • Brazil


  • Restored and Semiconserved




  • (13)3473-2511


  • Military Active Unit

  • ,00 m2

  • Continent : South America
    Country : Brazil
    State/Province: São Paulo
    City: Praia Grande

    Localiza-se na ponta de Itaipu em Praia Grande, Av. Mal. Mallet s/n°, Canto do Forte - Boqueirão, dominando a barra de São Vicente, no litoral do Estado de São Paulo.


  • Lat: 24 1' 53''S | Lon: 46 23' 60''W



  • Atualmente, as instalações do forte encontram-se abertas à visitação pública, aos sábados, domingos e feriados (diariamente durante a temporada de verão) das 10h00 às 18h00.
    Como chegar:
    1 - Partindo do centro de Praia Grande: Av. Presidente Castelo Branco - Rua Gaspar Viana - Av. Mal. Mallet.
    2 - Vindo pela Rodovia Pe. Manoel da Nóbrega, de São Vicente ou da Rodovia dos Imigrantes: ao chegar ao trevo de entrada de Praia Grande, entrar na Av. Mal. Mallet, seguindo até seu final.


  • Foi artilhada, inicialmente, com seis canhões Krupp 150mm L/50.
    O Forte Duque de Caxias foi artilhado com quatro canhões Schneider-Canet de 150 mm; o Forte da Ponta de Jurubatuba, concluído em 1920, foi armado com dois canhões também Schneider-Canet de 150 mm. Havia ainda a Bateria Gomes Carneiro, armada com canhões Krupp de 75 mm.
    Em 1942 os modelos antigos de canhões foram substituídos por Vickers-Armstrong de 152,4 mm, comprados nos Estados Unidos, modelo de 1917, pesando cerca de 11 toneladas, com alcance de tiro de até 18.000 metros e cadência de até 3 tiros por minuto (MORI, 2003:210-11).

  • Possui o estilo "cortina invisível", por apresentar construção subterrânea.
    A partir de 1903, inicia-se a construção da primeira bateria, e em seguida, entre 1904 e 1906, são levantados o Quartel, o Paiol, a Casa do Comandante e outras edificações. A partir de 1909 é iniciada a segunda bateria, de obus (Bateria General Carneiro), e no ano seguinte as obras complementares. As suas obras foram executadas pelo Coronel Ximeno Villeroy (GARRIDO, 1940:135). Inaugurado, o forte foi posteriormente ampliado e melhorado.
    Entre 1911 e 1917, deu-se a construção do Forte Duque de Caxias. Em seguida, outros fortes foram construídos: Jurubatuba, em 1919, e General Rego Barros, em 1942.





Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Fortification > Fortaleza de Itaipú