Entrincheiramento de Iguape

Iguape, São Paulo - Brazil

O Entrincheiramento de Iguape localizava-se no atual município de Iguape, cerca de 70 Km ao norte de Cananéia, no litoral do atual Estado de São Paulo.

A povoação de Iguape, estabelecida pelo desertor espanhol tenente Ruy Garcia Moschera nas primeiras décadas do século XVI, era habitada por náufragos e desertores espanhóis do rio da Prata, aliados ao Bacharel de Cananéia.

Em 1534, a propósito do massacre dos 80 integrantes da entrada de Pêro Lobo pelos índios Carijó às margens do rio Iguaçú, pouco depois de partirem de Cananéia (set/1531), Pêro de Góis intimou os espanhóis a entregarem o Bacharel de Cananéia e a prestarem obediência ao rei de Portugal e ao governador Martim Afonso de Souza, em 30 dias, sob pena de morte e confisco de bens. Moschera respondeu que não reconhecia a jurisdição da Coroa portuguesa, uma vez que se encontrava em terras de Castela, criando-se um impasse.

Na iminência de ataque pelos portugueses, Moschera e o Bacharel, apoiados por 200 índios flecheiros, capturaram um navio corsário francês que pouco antes aportara a Cananéia em busca de provisões, apoderando-se de suas armas e munições. Em seguida, fizeram cavar uma trincheira em frente à povoação de Iguape, guarnecendo-a com quatro das peças de artilharia do navio francês. Na sequência, dispuseram vinte espanhóis e cento e cinquenta índios flecheiros emboscados no mangue da barra do arroio Icapaça, aguardando a força portuguesa.

Esta, composta por 80 homens, ao desembarcar foi recebida sob o fogo da artilharia, sendo desbaratada. Na retirada, os sobreviventes foram surpreendidos pelas forças espanholas emboscadas na foz do arroio Icapaça, onde os remanescentes pereceram, sendo gravemente ferido o seu capitão Pêro de Góis, por um tiro de arcabuz.

Vitoriosos, no dia seguinte os espanhóis embarcaram no navio francês e atacaram a vila de São Vicente, que assaltaram, saquearam e incendiaram, deixando-a práticamente destruída, matando dois terços dos seus habitantes (BUENO, 1999:96-98). Os agressores fugiram em seguida para o sul, abandonando Iguape.

BARRETTO (1958) menciona o episódio do saque de São Vicente por Moschera, porém datando-o de 1537 (op. cit., p. 258).



 Related character


 Print the Related character

Related bibliography 


 Print the Related bibliography



Related links 

Entrincheiramento de Iguape
Página da Enciclopédia Wikipédia versando sobre o Entrincheiramento de Iguape que localizava-se em Iguape, a cerca de setenta quilômetros ao norte de Cananéia, no litoral do atual Estado de São Paulo, no Brasil.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Entrincheiramento_de_Iguape

 Print the Related links

Contribution

Updated at 29/01/2016 by the tutor Roberto Tonera.

With the contribution of contents by: Carlos Luís M. C. da Cruz.


  • Entrincheiramento de Iguape


  • Entrenchment

  • 1534 (AC)


  • Ruy Garcia Moschera


  • Spain


  • Missing






  • Disappeared

  • ,00 m2

  • Continent : South America
    Country : Brazil
    State/Province: São Paulo
    City: Iguape

    Localizava-se em Iguape, cerca de 70 Km ao norte de Cananéia, no litoral do atual Estado de São Paulo.


  • Lat: 24 42' 17''S | Lon: 47 32' 51''W




  • Foi guarnecida por quatro peças de artilharia retiradas do navio corsário francês capturado quando aportou em Cananéia em busca de provisões.






Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Fortification > Entrincheiramento de Iguape