Euryalus fortress

Syracuse, Syracuse - Italy

Search for fortification's images

Date 1 Date 2

Medias (1)

Images (1)

"Eurialo" (em grego antigo: "Euryalos", "EyryΑλος") localiza-se no município de Belvedere, a cerca de 7 quilómetros a Noroeste de Siracusa, na costa Sudeste da ilha da Sicília, na Itália.

Constitui-se em uma fortificação da antiga cidade-estado de Siracusa, a segunda colónia grega estabelecida na ilha, após Naxos.

Situa-se em posição dominante na meseta das Epípolas, que forma um pequeno istmo, cujo formato possivelmente terá dado origem ao nome “Euryalos”, com o sentido de “da largura de um prego”.

História

Foi a primeira fortificação erguida na ilha, por determinação de Dionísio I, tirano de Siracusa (405-366 a.C.), quando de sua chegada ao poder, no contexto da guerra com Cartago.

Os restos atualmente visíveis correspondem em grande parte à reestruturação atribuída a Hierão II (270-215 a.C.), que colocou em prática as sugestões técnicas de Arquimedes. Constituem a obra defensiva de sua época na região mais completa que conhecemos, testemunho do estágio mais avançado da poliorcética helenística, que conhecemos graças às obras de Filão de Bizâncio.

Após a conquista romana de Siracusa por Marco Cláudio Marcelo (211 a.C.), a fortificação continuou a sofrer modificações até ao período Bizantino, quando partes dela foram demolidas a fim de reparar o principal, na iminência de uma invasão muçulmana.

Em 1939, Victor Emmanuel III (1900-1946) fez uma visita oficial ao monumento.

No contexto da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), em 1941 os artefactos no Museu Arqueológico de Siracusa foram transportados em lombo de mula para a fortificação, e armazenados em seus túneis subterrâneos, a fim de se conservarem a salvo dos bombardeamentos da aviação aliada.

Encontra-se compreendida na área de "Siracusa e a necrópole rochosa de Pantalica", classificada como Património da Humanidade pela UNESCO em 2005.

Após um longo encerramento decorrente do Terramoto de Santa Lucia de 1990, a 30 de setembro de 2016, um “Antiquarium” foi inaugurado no local. Este edifício abriga algumas das descobertas feitas no local, incluindo uma espada, um capacete, e os projéteis de pedra de uma catapulta.

Características

Exemplar de arquitetura militar, na altitude de 120 metros acima do nível mar.

A fortificação, com uma área de cerca de 15 mil metros quadrados, é precedida por três fossos sucessivos, ultrapassados por uma ponte sustentada por três pilares em cantaria de pedra, que permitia aceder, por um corredor, ao baluarte central. Este, por sua vez, era constituído por uma fachada triangular, posteriormente substituída por um complexo de cinco torres, onde possivelmente se dispunham as balistas. A defesa da porta era reforçada progressivamente por três antemuros. A parte central da fortificação era constituída por uma construção de planta poligonal irregular, a que se seguia um setor de planta trapezoidal, certamente destinado a quartéis.

Primitivamente existia uma tripla entrada, posteriormente reduzida a duas, fechando a porta central e erguendo-se dois muros oblíquos, definindo um caminho de acesso em cotovelo. A Sul da porta existia um outro forte, de planta trapezoidal, dominado por uma torre de grandes dimensões, onde a prospecção arqueológica comprovou ter existido uma grande catapulta, que se podia mover graças a rodas sobre trilhos.

Todo o complexo fortificado era dotado de um sistema de galerias e passadiços, que permitiam aos defensores deslocar-se de um ponto a outro, sem que fossem vistos do exterior.

A fortificação contava ainda com três grandes cisternas para abastecimento da guarnição.

A etapa mais recente da construção, que compreendia essencialmente o fosso exterior, o fosso intermediário e sua galeria, assim como o túnel que comunicava a galeria do fosso e o antepátio da porta, permaneceu incompleto, o que indica ser pouco anterior à conquista de Siracusa por  Marco Cláudio Marcelo em 211 a.C..



Related entries 


 Print the Related entries

Contribution

Updated at 07/11/2018 by the tutor Carlos Luís M. C. da Cruz.

Contributions with medias: Carlos Luís M. C. da Cruz (1).


  • Euryalus fortress

  • Euryalos, Castello Eurialo

  • Fort





  • Italy


  • Conserved Ruins

  • UNESCO World Heritage
    Encontra-se compreendida na área de "Siracusa e a necrópole rochosa de Pantalica", classificada como Património da Humanidade pela UNESCO em 2005.



  • +093 171 1773


  • Tourist-cultural Center

  • 15000,00 m2

  • Continent : Europe
    Country : Italy
    State/Province: Syracuse
    City: Syracuse

    Piazza Eurialo, 1


  • Lat: 37 -6' 32''N | Lon: 15 -14' 39''E




  • Catapultas, balistas.






Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Fortification > Euryalus fortress