Arraial novo do Bom Jesus

Recife, Pernambuco - Brazil

As ruínas do Forte do Arraial Novo do Bom Jesus estão localizadas no Bairro do Cordeiro, às margens da Estrada do Forte, a cerca de 8 km a oeste do centro histórico da cidade de Recife e a aproximadamente 12 km de Olinda, no Estado de Pernambuco.

Erguido a partir de setembro de 1645 por determinação do Mestre de Campo João Fernandes Vieira (1613-1681), foi inaugurado em 1 de janeiro de 1646. Estava artilhado com oito peças de diversos calibres, vindas de Porto Calvo e de Penedo. De acordo com Barretto, no local onde se ergueu o Forte do Arraial Novo do Bom Jesus, desativado com o fim da campanha contra os holandeses (1654), foi erigida, em 1872, pelo Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico Pernambucano, uma coluna comemorativa de granito, a qual foi restaurada em 1917, por iniciativa do General Joaquim Inácio Batista Cardoso (BARRETTO, 1958, p. 150). Garrido acrescenta que sua função era "guardar as munições de guerra e de boca dos libertadores" (GARRIDO, 1940, p. 68).

Deste arraial, dominando Recife, Olinda e os Afogados, saíram as tropas engajadas na primeira Batalha dos Guararapes (19 de abril de 1648) e na segunda Batalha dos Guararapes (19 de fevereiro de 1649), e dele foi coordenado o assédio português à cidade Maurícia (Maurits Stadt), atual Recife.

Souza menciona que esta fortificação existiu no lugar conhecido como "Gargantão", dominando Olinda, Recife e os Afogados, onde teriam se mantido desde 1645 os independentes até o final da Campanha contra os holandeses em 1654 (SOUZA, 1885, p. 86). Barretto anota que um forte, com a denominação de Forte do Morro do Bom Jesus ou Forte do Bom Jesus, guarnecido com seis praças sob o comando de um Sargento, e artilhado com doze peças (canhões) de bronze, teria existido no local denominado "Gargantão", situado entre Recife e Olinda, próximo ao Forte do Brum, sob o Arco do Bom Jesus, porta de entrada em Recife para quem vinha de Olinda - vida Portas do Recife e Olinda (BARRETTO, 1968, p. 139). No entanto, essa localização, "Gargantão", não é corroborada por alguns pesquisadores atuais.

Por sua vez, Cláudio Moreira Bento informe que este “forte foi traçado pelo Mestre de Campo Teodósio Estrate, e erguido no local, onde, até bem pouco tempo funcionara o engenho Roterdan do holandês Willen Bierboom" (BENTO, 1971, p. 159).

Segundo Albuquerque et alii (1999), o Forte do Arraial Novo do Bom Jesus é uma das poucas fortificações construídas no Brasil em que a matéria prima utilizada foi a terra, e não a pedra ou tijolos. Embora pouco discerníveis aos olhos menos treinados, os vestígios da fortificação ainda se encontram aparentes e o delineamento de suas estruturas ainda pode ser percebido. Atualmente sua área encontra-se inserida numa praça de grande movimentação pública, administrada pela prefeitura municipal, na Av. do Forte s/nº, Engenho do Meio, Recife. Sua praça de armas e demais estruturas, como os baluartes, são, constantemente, utilizados para a recreação dos moradores locais. A ação antrópica, somada ao desgaste natural, aceleram violentamente a erosão, comprometendo o estado de conservação deste importante monumento nacional.



 Related character


 Print the Related character

Related bibliography 

Fortificações do Brasil
Carlos Miguez Garrido

Book
1940
 
Fortificações do Brasil: Resumo Histórico
Anníbal Barretto

Book
1958
 
Fortificações no Brasil
Augusto Fausto de Souza

Article
1885
 
Fortificações Portuguesas no Brasil
Arnaldo Manuel de Medeiros Ferreira

Book
2004
 
Fortificações Portuguesas no Brasil - Da ''Feitoria - Fortaleza'' aos Fortes de Pernambuco
Arnaldo Manuel de Medeiros Ferreira

Article
2002
 
Fortalezas Multimídia
Roberto Tonera

Cd-Rom
2001
 
Arqueologia das fortificações: perspectivas
Fernanda Codevilla Soares

Book
2015
 
Relatório do Ministro da Guerra, João Paulo dos Santos Barreto, em 1846
João Paulo dos Santos Barreto

Printed Document
1846
 
Relatório do Ministro da Guerra, Filippe Franco de Sá, em 1884
Filippe Franco de Sá

Printed Document
1884
 
Relatório do Ministro da Guerra, Antônio Eleutério de Camargo, em 1885
Antonio Eleutério de Camargo

Printed Document
1885
 
Relatório do Ministro da Guerra, João José de Oliveira Junqueira, em 1886
João José de Oliveira Junqueira

Printed Document
1886
 
Relatório do Ministro da Guerra, Joaquim Delfino Ribeiro da Luz, em 1887
Joaquim Delfino Ribeiro da Luz

Printed Document
1887
 
Relatório do Ministro da Guerra, Thomaz José Coelho de Almeida, em 1888
Thomaz José Coelho de Almeida

Printed Document
1888
 
Relatório do Ministro da Guerra, Thomaz José Coelho de Almeida, em 1889
Thomaz José Coelho de Almeida

Printed Document
1889
 
Fortes de Pernambuco: imagens do passado e do presente
Marcos Antonio Gomes de Mattos de Albuquerque
Veleda Lucena
Doris Walmsley de Lucena

Book
1998
 
Relatório do Ministro da Guerra, João Nepomuceno de Medeiros Mallet, em maio de 1902
João Nepomuceno de Medeiros Mallet

Printed Document
1902
 
Arraial Novo do Bom Jesus: consolidando um processo, iniciando um futuro.
Marcos Antonio Gomes de Mattos de Albuquerque
Veleda Lucena

Book
1997
 
Relatório do Ministro da Marinha, Antônio Francisco de Paula e Hollanda Cavalcanti de Albuquerque, em janeiro de 1845
Antônio Francisco de Paula e Hollanda Cavalcanti de Albuquerque

Printed Document
1845
 
Muralhas da memória: fortificações, patrimônio e turismo cultural
Adler Homero Fonseca de Castro

Article- Digital
2013
 
Artilharia e referência cultural
Adler Homero Fonseca de Castro

Article - Magazine
2001
 
 

 Print the Related bibliography



Related links 

Arraial Novo do Bom Jesus
Página da enciclopédia Wikipédia versando sobre o chamado Arraial Novo do Bom Jesus, que se localizava a cerca de oito quilômetros do centro histórico do Recife e de Olinda, no Estado de Pernambuco, no Brasil.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Arraial_Novo_do_Bom_Jesus
Arraial Novo do Bom Jesus
Website Brasil Arqueológico, da Equipe do Laboratório de Arqueologia da Universidade Federal de Pernambuco, versando sobre o Arraial Novo do Bom Jesus, que se localiza na cidade de Recife, Estado de Pernambuco

http://www.brasilarqueologico.com.br/arqueologia-arraial-novo-bom-jesu...

 Print the Related links

Contribution

Updated at 06/05/2019 by the tutor Marcos Albuquerque.

With the contribution of contents by: Carlos Luís M. C. da Cruz.


  • Arraial novo do Bom Jesus

  • Fortim do Arraial Novo do Bom Jesus

  • Fort

  • 1645 (AC)

  • 1646 (AC)



  • Portugal


  • Abandoned Ruins

  • National Protection

  • Prefeitura Municipal de Recife

  • Prefeitura Municipal de Recife



  • Ruins
    Atualmente, o sítio é ocupado por uma praça pública administrada pela prefeitura municipal, à Av. do Forte s/n°. - Engenho do Meio, Recife.

  • 2.900,00 m2

  • Continent : South America
    Country : Brazil
    State/Province: Pernambuco
    City: Recife

    Av. do Forte s/nº, Engenho do Meio, no Bairro do Cordeiro, às margens da Estrada do Forte, a cerca de 8 km a oeste do centro histórico da cidade de Recife e a aproximadamente 12 km de Olinda, no Estado de Pernambuco.


  • Lat: 8 3' 23''S | Lon: 34 55' 51''W




  • Estava artilhado com oito peças de diversos calibres, vindas de Porto Calvo e de Penedo. Segundo Barretto, era guarnecido com seis praças sob o comando de um Sargento, e artilhado com doze peças (canhões) de bronze (BARRETTO, 1968, p. 139).

  • Segundo Albuquerque et alii (1999), o Forte do Arraial Novo do Bom Jesus é uma das poucas fortificações construídas no Brasil em que a matéria prima utilizada foi a terra, e não a pedra ou tijolos.





Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Fortification > Arraial novo do Bom Jesus