Bateria de Nossa Senhora da Guia de Mangaratiba

Mangaratiba, Rio de Janeiro - Brasil

A Bateria de Nossa Senhora da Guia de Mangaratiba, hoje desaparecida, estava localizada sobre o porto de Mangaratiba, no município de mesmo nome, no litoral sul do Estado do Rio de Janeiro.

Com a difusão da lavoura cafeeira na região sul fluminense na primeira metade do século XIX, este ancoradouro adquiriu importância regional, tendo sido a povoação elevada à vila a partir de 1831, com o nome de Vila de Nossa Senhora da Guia de Mangaratiba.

O porto da vila era defendido por duas baterias que cooperavam entre si: a Bateria de Nossa Senhora da Guia, artilhada com cinco peças, e outra, denominada simplesmente como Bateria de Mangaratiba (SOUZA, 1885: 114). As obras da fortificação foram coordenadas pelo Sargento-Mor de Artilharia José Maria da Silva Bittencourt (CASTRO, 2009: 370).

Sua construção foi demorada, iniciada no plano de fortificações de 1822, ficou pronta em 1828, sendo composta por duas baterias permanentes que defendiam o porto, Nossa senhora da Guia – com 5 peças de calibre 12 assentadas em plataformas de cantaria – foi construído também um quartel, armazém de palamenta, prisão e paiol de pólvora. Diferentemente da maioria das fortificações da época, a bateria não foi desarmada em 1831 e ficou sendo comandada por um capitão do exército até 1843. Em 1859, a bateria foi desarmada e entregue ao governo provincial (Ibidem, 2009: 371).

Não conseguimos identificá-la entre as defesas do setor Sul (Fortificações de Sepetiba) no "Mapa das Fortificações e Fortins do Município Neutro e Província do Rio de Janeiro" de 1863, no Arquivo Nacional (CASADEI, 1994/1995:70-71).

Bibliografias relacionadas 

Relatório do Presidente da Província do Rio de Janeiro, Luiz Antonio Barbosa, em 1857
Luiz Antonio Barbosa

Documento Impresso
1857
 
Fortificações no Brasil
Augusto Fausto de Souza

Artigo
1885
 
Relatório do Presidente da Província do Rio de Janeiro, Antonio Nicolau Tolentino, em agosto de 1858
Antonio Nicolau Tolentino

Documento Impresso
1858
 
Relatório do Presidente da Província do Rio de Janeiro, Ignacio Francisco Silveira da Motta, em agosto de 1859
Ignacio Francisco Silveira da Motta

Documento Impresso
1859
 
Relatório do Ministro da Guerra, Sebastião do Rego Barros, em 1838
Sebastião do Rego Barros

Documento Impresso
1838
 
Relatório do Ministro da Guerra, João Paulo dos Santos Barreto, em 1846
João Paulo dos Santos Barreto

Documento Impresso
1846
 
Relatório do Ministro da Guerra, João Paulo dos Santos Barreto, em 1847
João Paulo dos Santos Barreto

Documento Impresso
1847
 
Relatório do Ministro da Guerra, Manoel Felizardo de Souza e Mello, em 1848

Documento Impresso
1848
 
Fortalezas Multimídia
Roberto Tonera

Cd-Rom
2001
 
Muralhas de pedra, canhões de bronze, homens de ferro: fortificações do Brasil de 1504 a 2006 - Tomo I
Adler Homero Fonseca de Castro

Livro
2009
 
Relatório do Presidente da Província do Rio de Janeiro, Paulino José Soares de Sousa, em outubro de 1836
Paulino José Soares de Sousa

Documento Impresso
1836
 
Paraty e a Questão Christie - 1863
Thalita de Oliveira Casadei

Artigo
1994
 
Relatório do Vice-Presidente da Província do Rio de Janeiro, João Manoel Pereira da Silva, em agosto de 1857
João Manoel Pereira da Silva

Documento Impresso
1857
 

 Imprimir Bibliografias relacionadas



Links relacionados 

Bateria de Nossa Senhora da Guia de Mangaratiba
Página da Enciclopédia Wikipédia versando sobre a Bateria de Nossa Senhora da Guia de Mangaratiba, que se localizava sobre o porto de Mangaratiba, no município de mesmo nome, no litoral sul do Estado do Rio de Janeiro, no Brasil.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Bateria_de_Nossa_Senhora_da_Guia_de_Manga...

 Imprimir Links relacionados

Contribuições

Atualizado em 08/07/2010 pelo tutor Projeto Fortalezas Multimídia (Amilton Matos).

Com a contribuição de conteúdo de: Carlos Luís M. C. da Cruz.


  • Bateria de Nossa Senhora da Guia de Mangaratiba

  • Bateria de Mangaratiba

  • Bateria

  • 1822 (DC)

  • 1828 (DC)



  • Brasil

  • 1859 (DC)

  • Desaparecida






  • Desaparecida

  • 0,00 m2

  • Continente : América do Sul
    País : Brasil
    Estado/Província: Rio de Janeiro
    Cidade: Mangaratiba

    A Bateria de Nossa Senhora da Guia de Mangaratiba, hoje desaparecida, estava localizada sobre o porto de Mangaratiba, no município de mesmo nome, no litoral sul do Estado do Rio de Janeiro.


  • Lat: 22 57' 40''S | Lon: 44 2' 33''W




  • Em 1828 a bateria de Nossa Senhora da Guia de Mangaratiba encontrava-se armada com 5 peças de calibre 12 (CASTRO, 2009: 370). Em 1859, a bateria foi desarmada e entregue ao governo provincial (Ibidem, 2009: 371).

  • Possuía suas peças assentadas em plataformas de cantaria – foi construído também um quartel, armazém de palamenta, prisão e paiol de pólvora (CASTRO, 2009: 370).





Imprimir o conteúdo


Cadastre o seu e-mail para receber novidades sobre este projeto


Fortalezas.org > Fortificação > Bateria de Nossa Senhora da Guia de Mangaratiba