Cambambe Fort

Cambambe, Cuanza Norte - Angola

O “Forte de Cambambe”, também referido como “Fortaleza de Cambambe” (ou Kambambe) localiza-se à margem do rio Cuanza, no município de Cambambe, na província de Cuanza-Norte, em Angola.

Ambaca, Cambambe, Massangano, Muxima e Pungo Andongo foram os grandes presídios angolanos: foi neles que de afirmou o domínio Português quando os Neerlandeses dominaram o litoral no século XVII. Dotados de guarnições militares, constituíam as circunscrições administrativas fundamentais do território, sendo chefiados por capitães-mores nomeados pela Coroa ou por regentes, designados pelo Governador-geral. A partir deles desenvolveu-se a penetração comercial, religiosa e política no território; deles partiam as expedições militares e neles buscavam refúgio os colonos em caso de maior perigo. ("Presídios de Angola", in SERRÃO, Joel (dir.). "Dicionário de História de Portugal (4 vols.)". Lisboa: Iniciativas Editoriais, 1971. Vol. III, p. 474-475.)

História

Foi iniciado em fins de 1602 por determinação do capitão-general da Capitania-Geral do Reino de Angola, Manuel Cerveira Pereira (1603-1606, 1615-1617), no contexto da penetração e conquista do interior do território angolano pela via do rio Cuanza, o maior do país, assegurando a defesa do presídio (estabelecimento de colonização militar) então fundado.

A ocupação da região das serras de Cambambe custou muito aos Portugueses, em virtude da resistência oferecida pelos nativos à conquista europeia. Além de materializar a presença militar Portuguesa, o presídio constituiu-se num ativo entreposto de mercadorias e de escravos capturados na região, aguardando pelo seu transporte para o continente Americano.

Até meados do século XIX o presídio e a sua guarnição foram governados por um Capitão-mor.

As ruínas de Cambambe foram classificadas como Monumento Nacional pelo Decreto Provincial n.° 67, de 30 de maio de 1925.

Atualmente encontra-se em ruínas, em poder do Estado, afeta ao Ministério da Cultura. Este promoveu-lhe intervenção de preservação, concluída no início de 2016, no âmbito de uma parceria público-privada com a construtora brasileira Odebrecht, num projeto conjunto com o Gabinete de Aproveitamento do Médio Kwanza (GAMEK).

Características

Exemplar de arquitetura militar, abaluartado.

Apresenta planta no formato quadrangular, com baluartes pentagonais nos vértices, em estilo Vauban. Em seu terrapleno erguiam-se as edificações de serviço: Casa do Comando, Quartéis da Tropa e armazéns.



 Related character


 Print the Related character

Related bibliography 


 Print the Related bibliography



Related links 

Fortress of Kambambe
Website da UNESCO versando sobre a Fortaleza de Cambambe, Localizada no Município de Cambambe, Província de Kwanza Norte, em Angola. Página em inglês.

http://whc.unesco.org/en/tentativelists/926/

 Print the Related links

Contribution

Updated at 18/09/2017 by the tutor Carlos Luís M. C. da Cruz.


  • Cambambe Fort

  • Forte de Kambambe, Fortaleza de Cambambe, Fortaleza de Kambambe

  • Fort

  • 1602 (AC)




  • Portugal


  • Ruins Badly Conserved

  • National Protection





  • Tourist-cultural Center

  • ,00 m2

  • Continent : Africa
    Country : Angola
    State/Province: Cuanza Norte
    City: Cambambe

    Município de Cambambe, província de Cuanza-Norte, Angola.


  • Lat: 9 44' 33''S | Lon: 14 -30' 47''E






  • 2016: Intervenção de preservação por parte do Ministério da Cultura de Angola.




Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Fortification > Cambambe Fort