Fort of São João de Rachol

Margao, Goa - India

Search for fortification's images

Date 1 Date 2

Medias (1)

Images (1)

O “Forte de São João de Rachol”, também referido apenas como "Forte de Rachol", localizava-se na aldeia de Rachol, concelho de Salcete, no estado de Goa, na costa oeste da Índia.

História

Foi erguido pelas forças de Ismail Adil Shah, sultão de Bijapur, para defesa da margem esquerda do rio Zuari. Conquistado em 1520 por Krishnarav, imperador do reino de Vijayanagara, este cedeu-o no mesmo ano aos portugueses em troca de proteção contra os muçulmanos do norte.

Ocupado por forças portuguesas, foi por estes reformado.

Foi comandada pelo capitão de Rachol, D. Diogo Rodrigues (1554-1577), que se encontra ali sepultado na Igreja de Nossa Senhora das Neves, e em cuja lápide se lê: "Aqui jaz Diogo Rodrigues o do Forte, Capitão desta Fortaleza, O qual derrubou os pagodes destas terras. Falleceu a 21 de Abril de 1577 annos."

No contexto da Dinastia Filipina (1580-1640) foram-lhe acrescentados dois baluartes (1604).

Após o cerco que lhe foi imposto em 1684 por Sambhaji Raje Bhosle, filho mais velho do fundador do Império Maratha, Shivaji Bhosle, foi reformado por determinação do então Vice-rei do Estado Português da Índia, Francisco de Távora, 1.º conde de Alvor (1681-1686), conforme inscrição epigráfica, que reza:

"SENDO O CONDE DE ALVOR VICE-REI DA INDIA MANDOU REFORMAR ESTA FORTALEZA DEPOIS DE SE DEFENDER DO CERCO DE SAMBAGY, EM 22 DE ABRIL DE 1684."

Sofreu novas campanhas de reforma em 1745, por determinação do 44.º Vice-rei do Estado Português da Índia, D. Pedro Miguel de Almeida Portugal e Vasconcelos (1744-1750), 3.º conde de Assumar, 1.° marquês de Castelo Novo, e em 1756. Neste século, que foi o seu período áureo, chegou a estar artilhado por uma centena de peças, quantidade expressiva à época.

Atualmente encontra-se severamente arruinado, mas ainda podem ser observados o antigo portão de armas encimado pelo brasão de armas da monarquia portuguesa, e alguns trechos das muralhas e do fosso.

O portão de armas encontra-se declarado como monumento protegido sob a Lei dos Antigos Monumentos e Sítios Arqueológicos remanescentes de Goa, Damão e Diu de 1978, n.º 1 de 1979, e regras de 1980.



 Related character


 Print the Related character

Related bibliography 


 Print the Related bibliography

Contribution

Updated at 01/12/2015 by the tutor Carlos Luís M. C. da Cruz.

Contributions with medias: Carlos Luís M. C. da Cruz (1).


  • Fort of São João de Rachol

  • Forte de Rachol

  • Fort

  • 1520 (AC)



  • Ismail Adil Shah

  • Portugal


  • Semiconserved Ruins

  • State Protection
    National Protection
    O portão de armas encontra-se declarado como monumento protegido sob a Lei dos Antigos Monumentos e Sítios Arqueológicos remanescentes de Goa, Damão e Diu de 1978, n.º 1 de 1979, e regras de 1980.





  • Tourist-cultural Center

  • ,00 m2

  • Continent : Asia
    Country : India
    State/Province: Goa
    City: Margao



  • Lat: 15 -19' 30''N | Lon: 74 -1' 22''E




  • Século XVIII: 100 peças de artilharia antecarga, alma lisa.






Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Fortification > Fort of São João de Rachol