Colônia militar de Caseros

Caseiros, Rio Grande do Sul - Brazil

A Colônia de Caseros, já desaparecida, ficava localizada no atual município de Caseiros (antigamente pertencente ao território do município de Santo Antônio da Patrulha, no Rio Grande do Sul). No relatório de Luís Alves de Lima e Silva (futuro Duque de Caxias), datado de 1862, o então Ministro da Guerra comenta sobre essa Colônia: "(...) Criada pelo decreto n° 2504 de 16 de Novembro de 1859, acha-se estabelecida no lugar denominado Pontão, do município de Santo Antônio da Patrulha.

Tem cerca de cem habitantes, que se empregam na cultura de cereais e na criação de gado.

Possui algumas casas de madeira cobertas de palha, e bem assim os quartéis, uma casa para depósito e ferraria, e acha-se em construção a igreja.

Não são tão minuciosas e completas, como fora para desejar, as informações que acabo de expor à vossa consideração sobre as colônias e presídios militares, já por que os relatórios desses estabelecimentos são deficientes a certos respeitos, como porque não há da maior parte dos mesmos estabelecimentos notícias recentes sobre que possa basear-se um juízo seguro.

Apreciando porém toda a importância de tais colônias, o governo cuida em dar-lhes a mais conveniente organização e em promover o desenvolvimento de que são suscetíveis, para que preencham os fins que se teve em vista com a criação.

Acha-se elaborado, e pretende o governo publicar brevemente, um regularmento geral para as colônias militares; e já expediu as ordens precisas afim de que sejam, sem perda de tempo, prestados esclarecimentos circunstanciados e exatos acerca do estado e mais urgentes necessidades de cada uma.

A vista destas informações pretende o governo não só completar o regulamento geral, a que acabo de referir-me, no que por ventura for omisso, mas também promulgar instruções especiais para cada colônia, segundo as exigências peculiares respectivas.

Não concluirei, entretanto, este artigo sem dizer-vos francamente que, em minha opinião, as colônias de que me tenho ocupado, salva a parte puramente militar que limitar-se-á ao fornecimento dos destacamentos necessários para a manutenção da ordem e segurança dos habitantes, devem ficar pertencendo ao ministério de agricultura, comércio e obras públicas, a cujo cargo está a colonização em geral; porquanto, abrangendo as colônias militares todas as condições de existência das outras colônias, é sem dúvida aquele ministério o mais habilitado e o mais apropriado ao seu desenvolvimento e prosperidade; sendo fácil conciliar estes interesses com os do serviço militar, dada a inteligência e harmonia que deve sempre existir entre os diversos ministérios.

Não cabendo porém atualmente na alçada do poder executivo a realização dessa idéia, limito-me a consigná-la aqui, afim de que a assembléia geral resolva como entender mais acertado (...)."

Fonte: SILVA, 1862. p.38-39.

  • Colônia militar de Caseros


  • Military Colony

  • 1859 (AC)

  • 1859 (AC)



  • Brazil

  • 1862 (AC)

  • Missing






  • Disappeared

  • ,00 m2

  • Continent : South America
    Country : Brazil
    State/Province: Rio Grande do Sul
    City: Caseiros

    A Colônia Militar de Caseros localizava-se no lugar denominado Pontão, atual município de Caseiros, antigamente pertencente ao município de Santo Antônio da Patrulha, no Estado do Rio Grande do Sul.


  • Lat: 28 16' 24''S | Lon: 51 41' 23''W





  • Possuía algumas casas de madeira cobertas de palha.





Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Fortification > Colônia militar de Caseros