Baterias de Barra Grande

Maragogi, Alagoas - Brazil

As Baterias da Barra Grande estão localizadas em Barra Grande, distrito do município de Maragogi, no litoral norte do atual Estado de Alagoas, próximo à fronteira com Pernambuco.

Descritas por GARRIDO (1940) como estruturas provisórias, erguidas por determinação do Sargento-mór Miguel Veloso da Silveira Nóbrega e Vasconcelos, para dar combate aos revoltosos da Confederação do Equador (1824). Encerrado o conflito, com o retorno das tropas aos seus quartéis, o Governador das Armas (da Província de Alagoas) teria voltado a sua atenção para a conservação das fortificações (permanentes da Província). O mesmo autor entendia que poderiam ter pertencido a este contexto algumas peças de artilharia ainda existentes à sua época (1940) naquele litoral, como um pedreiro de bronze que troava em dias de festa em Porto de Pedras (Op. cit., p. 75).

A Confederação do Equador (1824), de caráter liberal e federativo, eclodiu em Pernambuco como reação às medidas absolutistas e centralizadoras do imperador D. Pedro I (1822-31), a saber, a dissolução da Assembléia Nacional Constituinte (12/nov/1823), e a prisão do jornalista liberal Cipriano Barata (nov/1823). Estes fatos, em Pernambuco, conduziram à renúncia do Presidente da Província, Francisco Pais Barreto (set/1822-dez/1823), Morgado do Cabo (depois Marquês do Recife), sendo eleito para esse cargo, pela Câmara Municipal de Olinda, o líder do grupo liberal, Manoel de Carvalho Pais de Andrade (dez/1823). Enquanto aguardava a reação do governo imperial, Pais Barreto arregimentava tropas e as encaminhava para a vizinha Província de Alagoas (LEITE, 1996:18), organizando a resistência contra os liberais que haviam, de fato, assumido o governo de Pernambuco. Em fevereiro, tropas leais a Pais Barreto cercam o Palácio do Governo, em Recife, e aprisionam Pais de Andrade no Forte do Brum. Uma reação espontânea se sucede, quando tropas fiéis a Pais de Andrade, e populares portando armas, libertam-no, conduzindo-o de volta ao Palácio (TINÉ, 1969:96-97).

A divisão naval de John Taylor bloqueia o porto do Recife, mas os liberais recusam-se a acatar a determinação do Imperador (abr/1824), e a jurar a Constituição Outorgada em março (jun/1824). Ante a ameaça de uma possível invasão do território brasileiro por tropas de Portugal, o imperador determinou a concentração das forças defensivas na Capital, devendo as províncias cuidar de sua própria defesa (11/jun). No início de julho a divisão naval de Taylor retorna ao Rio de Janeiro. Pais de Andrade dirige proclamações conclamando os pernambucanos e os brasileiros a se rebelarem contra o governo imperial, visando salvar a pátria e defender a soberania da nação, propondo uma república federativa, nos moldes norte-americanos.

Enquanto isso, as tropas fiéis ao império, coordenadas por Pais Barreto, concentravam-se em Barra Grande, com o apoio do governo da Província de Alagoas. Para combatê-las Pais Barreto enviou a recém-formada Divisão Constitucional do Sul, reforçada por tropas tropas terrestres e suprimentos navais. Essa força foi derrotada pelos legalistas nos combates de Barra Grande. Às forças legalistas em Barra Grande reuniram-se as da divisão naval de Cochrane, transportando o Exército Cooperador da Boa Ordem, uma força de 1.200 homens sob o comando do Brigadeiro Francisco de Lima e Silva (ago/1824). Estas forças, conjugadas, bloquearam Recife, obtendo a rendição da cidade (17/set/1824). O último foco de resistência rendeu-se em Fazenda do Juiz, no sul do Ceará (29/nov). Com as execuções dos principais líderes (dez/1824) e demais condenados à morte (mar/1825), encerrava-se o episódio, desmobilizando-se as tropas (LEITE, 1996).

Fonte: Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Baterias_de_Barra_Grande. Acesso em 01 de outubro de 2009.

 



 Related character


 Print the Related character



Related links 

Baterias de Barra Grande
Página da Enciclopédia Wikipédia versando sobre as Baterias de Barra Grande, que localizavam-se em Barra Grande, um distrito do município de Maragogi, no litoral norte do atual Estado de Alagoas, próximo à fronteira com Pernambuco, no Brasil.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Baterias_de_Barra_Grande

 Print the Related links

Contribution

Updated at 23/05/2013 by the tutor Projeto Fortalezas Multimídia (Bernardo).


  • Baterias de Barra Grande


  • Battery

  • 1824 (AC)

  • 1824 (AC)



  • Brazil


  • Missing






  • Disappeared

  • ,00 m2

  • Continent : South America
    Country : Brazil
    State/Province: Alagoas
    City: Maragogi

    Localizavam-se em Barra Grande, distrito do município de Maragogi, no litoral norte do atual Estado de Alagoas, próximo à fronteira com Pernambuco.


  • Lat: 0 -0' 0'' | Lon: 0 -0' 0''










Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Fortification > Baterias de Barra Grande