Fortim de São Felipe

Salvador, Bahia - Brazil

Search for fortification's images

Date 1 Date 2

Medias (1)

Images (1)

O Fortim de São Felipe localizava-se em posição dominante na ponta de Monte Serrat, então limite norte da cidade de Salvador, atual praia da Boa Viagem, no litoral do Estado da Bahia.

Sua origem remonta a 1586, durante o Governo Geral de Manuel Telles Barreto (1583-87) (GARRIDO, 1940:93), quando é levantada uma torre cercada de muralhas franqueadas por bastiões circulares, sob a invocação de São Felipe (Forte de São Filipe). Este forte, em conjunto com o Forte da Barra (Forte de Santo Antônio do Norte) e o Forte de Além do Carmo (Forte de Santo Antônio do Sul), compunham o sistema de defesa de Salvador na primeira metade do século XVI.

Reconstruído em pedra e cal no Governo Geral de D. Francisco de Souza (1591-1602), o seu terrapleno dominava o porto de Salvador, os seus fogos cobrindo o lado do mar e o lado de terra.

Durante as invasões holandesas ofereceu resistência aos agressores, protagonista de acirrados combates: em 1624-25 como teatro da emboscada contra o governador militar de Salvador, Johan van Dorth (1625), que aí perece, e em abr-mai/1638, tendo sido por esse ponto da periferia que as forças holandesas do Conde Johan Maurits van Nassau-Siegen (1604-79), desembarcaram no assalto a Salvador. BARLÉU (1974) descrevendo esse assalto, relata: "(...) e depois [de ter recebido a rendição do forte de Santo Alberto], por intermédio do tenente-coronel Brand, recebeu outro forte - o de São Filipe - situado na costa, com pequena guarnição, o qual capitulara, posto que se defendesse com cinco bocas de fogo." (Op. cit., p. 82)

Encontra-se figurado por João Teixeira Albernaz, "o velho" (Planta da Restituição da Bahia, 1631; Bahia de Todos os Santos, 1631. Mapoteca do Itamaraty, Rio de Janeiro). Em detalhe no segundo mapa, observamos a sua planta em formato de um polígono hexagonal irregular, com baluartes circulares nos vértices. O acesso é feito por uma rampa, que dá acesso às dependências de serviço, no terrapleno, e o forte encontra-se artilhado com cinco peças.

É reformado por iniciativa do Governador Geral João Rodrigues de Vasconcelos e Souza (1649-54), sendo sucedido por volta de 1702 pelo Forte de Nossa Senhora de Monte Serrat.

BARRETTO (1958), computa uma segunda estrutura sob a invocação de São Felipe, também conhecido como Fortim de Itapagipe ou Fortim da Praia Grande, erguida próximo à Ribeira de Itapagipe, distante cerca de 3 Km do Forte de Nossa Senhora de Monte Serrat, e que estava artilhado com quinze peças de diferentes calibres (Op. cit., p. 175).



 Related character


 Print the Related character

Related bibliography 


 Print the Related bibliography

Contribution

Updated at 20/05/2013 by the tutor Roberto Tonera.

With the contribution of contents by: Carlos Luís M. C. da Cruz.

Contributions with medias: Roberto Tonera (1).


  • Fortim de São Felipe


  • Fortin

  • 1586 (AC)



  • Manuel Telles Barreto

  • Portugal


  • Missing








  • ,00 m2

  • Continent : South America
    Country : Brazil
    State/Province: Bahia
    City: Salvador

    Localizava-se em posição dominante na ponta de Monte Serrat, então limite norte da cidade de Salvador, atual praia da Boa Viagem, no litoral do Estado da Bahia.


  • Lat: 12 55' 50''S | Lon: 38 30' 60''W




  • O forte estava artilhado com cinco peças (Planta da Restituição da Bahia, 1631; Bahia de Todos os Santos, 1631. Mapoteca do Itamaraty, Rio de Janeiro).

  • Inicialmente é constituída de uma torre cercada de muralhas franqueadas por bastiões circulares.
    Quando de sua reconstrução, foram utilizadas pedra e cal.
    Conforme planta de João Teixeira Albernaz, "o velho" (Planta da Restituição da Bahia, 1631; Bahia de Todos os Santos, 1631.

    Mapoteca do Itamaraty, Rio de Janeiro), vemos que o forte possuía formato de um polígono hexagonal irregular, com baluartes circulares nos vértices. O acesso era feito por uma rampa, que dava acesso às dependências de serviço, no terrapleno.

  • Foi reconstruído no Governo Geral de D. Francisco de Souza (1591-1602).
    É reformado por iniciativa do Governador Geral João Rodrigues de Vasconcelos e Souza (1649-54), sendo sucedido por volta de 1702 pelo Forte de Nossa Senhora de Monte Serrat.




Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Fortification > Fortim de São Felipe