Gomes Freire de Andrade (1)

Portugal

Gomes Freire de Andrade (aproximadamente 1650 - aproximadamente 1687) foi, dentre outras funções exercidas ao longo de sua vida, governador do Maranhão entre 15 de maio de 1685 e julho de 1687. O mesmo chega a esta capitania com o propósito de restabelecer a ordem, abalada após a Revolta de Beckham.

Importante não confundi-lo com o homônimo Gomes Freire de Andrade (1685-1763), 1º Conde de Bobadela, que fora governador do Rio de Janeiro.

Durante o seu governo iniciou-se a construção do Forte de Santo Antônio do Macapá, por instrução do rei de Portugal D. Pedro II (1667-1705), por Carta-régia de 24/fev/1686; nesta Carta, o monarca pede ao governador "(...) que faça erigir uma fortaleza sobre terra firme, no sítio chamado Torrego, onde os ingleses haviam feito uma, que nossas armas lhe haviam tomado." Este documento também sanciona as medidas tomadas por Gomes Freire para conter as investidas francesas a norte do Rio Amazonas, determinando que este escolha local para uma fortificação na margem esquerda daquele rio, bem como autorizando a construção de todas as fortificações que se fizessem necessárias, sugerindo enviar o Engenheiro do Estado do Pará para fazer todos os desenhos e demarcações requeridos. No entanto, este projeto não seria concluído em seu governo.

É para este mesmo governador que Antônio Lameira Franco, Capitão da Guarnição do Pará, encaminha um pedido de construir uma fortificação às suas próprias expensas, com a condição de dela manter o seu comando vitalício; Freire de Andrade aprova a sua petição, e no ano seguinte (1686) se iniciavam as obras, conduzidas pelo Engenheiro Joseph Velho Azevedo, que resultaria na Fortaleza de Nossa Senhora das Mercês da Barra de Belém.

Contribuciones

Actualizado en 03/10/2013 por el tutor Projeto Fortalezas Multimídia (Pedro).




Imprima el contenido


Registre su correo electrónico para recibir noticias sobre este proyecto


Fortalezas.org > Personaje > Gomes Freire de Andrade (1)