James I of Aragon

France

Jaime I de Aragão (Montpellier, 2 de fevereiro de 1208 - Valência, 27 de julho de 1276), cognominado "o Conquistador", foi rei de Aragão, conde de Barcelona e senhor de Montpellier (1213-1276), rei de Maiorca (1230-1276), conde de Urgel (1234-1276), rei de Valência (1238-1276), e conde de Rossilhão (1248-1276), entre outros títulos.

Quando o seu pai Pedro II de Aragão morreu na batalha de Muret em 1213, Jaime ficou em poder de Simão de Monforte, líder da Cruzada Albigense e general inimigo das forças aragonesas. Só após um ano de reclamações, e por ordem do papa Inocêncio III, o jovem príncipe foi devolvido aos seus súbditos. Durante a sua minoridade esteve sob a tutela da Ordem do Templo no Castelo de Monzón, e o regente de Aragão foi o conde Sancho Raimundes, filho de Raimundo Berengário IV de Barcelona e tio-avô de Jaime.

Aos seis anos, foi jurado rei nas Cortes de Lérida de 1214. Em setembro de 1218 foram celebradas pela primeira vez em Lérida as Cortes gerais de aragoneses e catalãs, nas quais foi declarada a sua maioridade. Com a morte da sua mãe em 1219, herdou o senhorio de Montpellier. Em 1241, por testamento do seu primo Nuno Sanches, herdou os condados de Rossilhão e Cerdanha e o viscondado de Fenouillèdes, na França.

Durante os quinze primeiros anos do seu reinado esteve envolvido em diversos conflitos com a nobreza aragonesa, que chegou a aprisioná-lo em 1224. Em 1227, enfrentou uma nova rebelião nobiliárquica, encabeçada pelo infante Fernando, seu tio. Esta terminou graças à intervenção papal, através do arcebispo de Tortosa, com a assinatura da concórdia de Alcalá em março de 1227. Este diploma marcou o triunfo da monarquia sobre os nobres revoltosos, dando-lhe a estabilidade necessária para iniciar as campanhas contra os muçulmanos e o próprio apaziguamento das reclamações da nobreza.

Conquistou as ilhas Baleares e, em 1233, iniciou uma bem sucedida campanha para reconquistar Valência aos Muçulmanos. Renunciou aos seus territórios de França em 1258. Formulou um importante código legal marítimo e estabeleceu as Cortes como uma assembleia parlamentar.

Related fortifications

Contribution

Updated at 09/03/2018 by the tutor Carlos Luís M. C. da Cruz.




Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Character > James I of Aragon