http://www.fortalezas.org
Forte do Terreiro de São Mateus

, -

 

O "Forte do Terreiro de São Mateus", também referido como "Forte do Terreiro" e "Forte do Espírito Santo", localizava-se na ponta de São Mateus, na freguesia de São Mateus da Calheta, concelho de Angra do Heroísmo, costa sul da ilha Terceira, na Região Autónoma dos Açores, em Portugal.

Em posição dominante sobre este trecho do litoral, constituiu-se em uma fortificação destinada à defesa deste ancoradouro contra os ataques de piratas e corsários, outrora frequentes nesta região do oceano Atlântico.

História

Em fins do século XVI, ao descrever a costa a Oeste da cidade de Angra, FRUTUOSO refere a posição fortificada além da fortaleza da Prainha:

"Correndo adiante, é tudo costa rasa de calhau vivo, muito áspero, e de muitos baixos pelo mar, que arrebentam longe da terra, até ir dar, em uma pequena baía que se diz o Matadouro, à canada de Manuel de Barcelos; dois tiros de berço da fortaleza atrás, está edificada sobre esta enseada e calhau vivo e caminho do concelho outra fortaleza com suas corredices de muro largo e alto até entestar nas rochas vivas, de uma parte e outra, onde não pode haver saídas pera terra; esta também tem seu capitão e seus bombardeiros, com nove peças de artilharia e suas munições." (FRUTUOSO, 1998:Livro VI, cap. 3, p. 15)

Com a instalação da Capitania Geral dos Açores, o seu estado foi assim reportado:

"33º - Forte do Terreiro. Precisa o seu parapeito todo reformado e do mesmo precisa hum lance de muralha que se acha arruinado e a sua plataforma se deve acrescentar. Tem quatro peças de ferro boas e os seus reparos capazes e para se guarnecer precisa de quatro artilheiros e dezeseis auxiliares." (JÚDICE, 1767)

Encontra-se relacionado como "Forte do Terreiro" no trabalho do capitão de Infantaria com exercício de Engenharia, Francisco Xavier Machado, "Revista dos fortes e redutos da ilha Terceira" (1772), atualmente no Arquivo Nacional da Torre do Tombo.

Encontra-se referido como "32. Forte do Spirito S.to no terreiro de S. Matheus" no relatório "Revista aos fortes que defendem a costa da ilha Terceira", do Ajudante de Ordens Manoel Correa Branco (1776), que lhe aponta a ruína: "Este Forte preciza a mayor parte fazerse de novo."

A "Planta da Bahia de S. Matheus levantada por António Homem da Costa Noronha em 22 de Julho de 1827", anexa ao relatório "Bahia do Terreiro de S. Matheus e sua Costa", do mesmo autor, então 1.º Tenente de Artilheiros, s.d. [17 de agosto de 1827], assinala: "4. Forte do Terreiro" (Biblioteca da Ajuda, Ms. Av. 54-XIII-25, n.º 10b).

No contexto da Guerra Civil Portuguesa (1828-1834) voltou a revestir-se de importância estratégica, constando o seu alçado e planta ("Forte do Terreiro de S. Matheus") na "Colecção de Plantas e Alçados de 32 Fortalezas dos Açores, por Joze Rodrigo d'Almeida em 1830". (“Forte Grande e forte do Terreiro de São Mateus, José Rodrigo de Almeida, 1830 (c.), ilha Terceira, Açores") Entretanto, este representa-o em adiantado estado de degradação, sem os muros pelo lado do mar. Data do mesmo período a carta "Circuito da Ilha Terceira (...)" de Joaquim Bernardo de Mello Nogueira do Castello, em março de 1831, que lhe regista: "8.º DISTRITO – S. MATHEUS Comprehende 2 Freguezias: S. Bartholomeu e S. Matheus. Está defendido por 5 Fortes: 1.º Negrito; 2.º da Igreja p. 2 c 18 [2 peças calibre 18]; 3.º do Terreiro; 4.º Forte grande p 4 c 12, 2 c 18 [4 peças calibre 12; 2 do 18]; 5.º Má ferramenta p 1 c 24 [1 peça calibre 24] de rodizio."

A "Relação" do marechal de campo Barão de Basto em 1862 informa que se encontrava incapaz desde longos anos (BASTO, 1997:267).

Encontra-se relacionado por BAPTISTA DE LIMA (1982), que o indica como desaparecido.

Características

Exemplar de arquitetura militar, abaluartado, marítimo.

Apresentava planta de formato pentagonal irregular, rasgando-se em seus muros quatro canhoneiras. O portão rasgava-se pelo lado de terra. A Leste e a Oeste, a sua defesa era complementada por uma muralha acompanhando a linha da costa, como indicado na planta de 1827.




  • Forte do Terreiro de São Mateus

  • Forte do Terreiro, Forte do Espírito Santo

  • Forte

  • 1581 (DC)

  • 1582 (DC)



  • Portugal


  • Desaparecida

  • Monumento Sem Proteção Legal





  • Desaparecida

  • ,00 m2

  • Continente : Europa
    País : Portugal
    Estado/Província: Região Autónoma dos Açores
    Cidade: Angra do Heroísmo



  • Lat: 38 -40' 42''N | Lon: 27 16' 21''W




  • 1831: -










Contribuições

Atualizado em 20/09/2018 pelo tutor Carlos Luís M. C. da Cruz.

Contribuições com mídias: Carlos Luís M. C. da Cruz (6), Projeto Fortalezas Multimidia (Mayra) (1).