http://www.fortalezas.org
Forte do Arpoador

, -

 

O Forte do Arpoador, hoje desaparecido, estava localizado na Praia do Arpoador, no extremo do Morro com mesmo nome, na cidade (e Estado) do Rio de Janeiro.

Construído em 1822, no contexto do “Fico” (CASTRO, 2009: 357), quando o então príncipe regente D. Pedro de Alcântara foi contra as ordens das Cortes Portuguesas que exigiam sua volta a Lisboa, ficando no Brasil. O forte fazia parte do plano de defesa para o Rio de Janeiro nessa época, pois, o governo temia uma possível represália de Portugal.

Tratava-se de uma bateria permanente armada com 4 canhões de 12 lb, com objetivo de defender a praia. Em 1829, ainda contava com 4 canhões, passado o medo de uma possível invasão, tudo indica que já deveria estar desguarnecida (Idem.).

Nada mais resta da fortificação no local, pela localização indicada numa planta de 1898, o forte ficava onde hoje se localiza o Parque Garota de Ipanema, mais precisamente na pista de Skate (Ibidem. 358).

 




  • Forte do Arpoador


  • Forte

  • 1822 (DC)

  • 1822 (DC)




  • 1829 (DC)

  • Desaparecida
    Nada mais resta da fortificação no local (CASTRO, 2009: 357).






  • Desaparecida

  • ,00 m2

  • Continente : América do Sul
    País : Brasil
    Estado/Província: Rio de Janeiro
    Cidade: Rio de Janeiro

    O Forte do Arpoador, hoje desaparecido, estava localizado na Praia do Arpoador, no extremo do Morro com mesmo nome, na cidade (e Estado) do Rio de Janeiro (CASTRO, 2009: 357).


  • Lat: 0 -0' 0'' | Lon: 0 -0' 0''




  • Tratava-se de uma bateria permanente armada com 4 canhões de 12 lb, com objetivo de defender a praia. Em 1829, ainda contava com 4 canhões (CASTRO, 2009: 357).










Contribuições

Atualizado em 23/05/2013 pelo tutor Projeto Fortalezas Multimídia (Amilton Matos).