http://www.fortalezas.org
Fortaleza de São Francisco Xavier da Ilha de Villegaignon
Fortress of Villegaignon  

"La Revolution au Brésil: vue du Fort Villegaignon", gravura, autor desconhecido, 1894. In: "L'Univers illustré: journal hebdomadaire", Levy (Paris), n.º 2.026 20 jan 1894. A gravura ilustra a fortaleza em mãos dos revoltosos durante a Revolta da Armada. A embarcação a naufragar é o Monitor "Javary", em mãos dos revoltosos. Embora não mais possuísse propulsão própria, graças ao seu armamento (4 canhões de 10 polegadas) e blindagem (11,5 polegadas), foi utilizado como bateria para a defesa da ponta da Armação, onde se encontravam os principais depósitos de munições dos revoltosos. Por essa razão, durante o conflito, foi alvo constante das fortalezas e baterias de costa legalistas. No dia 22 de novembro de 1893 estava fundeado entre a ponta do Calabouço e a ilha de Villegaignon, num local conhecido como Poço da Guanabara, quando se iniciou uma troca de tiros com as fortalezas da barra da baía da Guanabara. Durante o combate, um projétil, possívelmente da fortaleza de São João, atingiu-o na popa, rompendo o casco. O Rebocador "Vulcano", que movimentava o "Javary", tentou rebocá-lo para águas menos profundas, onde ele pudesse continuar operando até que os reparos necessários à sua flutuação pudessem ser executados; no entanto, com o peso da água que entrava, a operação não foi possível. Atracado de contrabordo, o "Vulcano" conseguiu salvar equipamentos importantes e o pessoal. As bombas do "Javary" não foram capazes de manter a água fora do casco e o Monitor naufragou lentamente; as torres continuaram a fazer fogo até serem invadidas a seu turno pela água. O "Javary" foi a primeira perda da esquadra rebelde e por essa razão vieram a cair os depósitos de munição da ponta da Armação.

Credit:Licença: Domínio Público (Autor falecido há mais de 70 anos).
Year:1894
Published by:Carlos Luís M. C. da Cruz