A Arquitetura Militar Portuguesa no período de Expansão Ultramarina e suas origens medievais

Segundo o autor, este artigo busca tratar da arquitetura militar utilizada pelos portugueses durante grande parte do processo de expansão ultramarina: o estilo arquitetônico definido como de Transição, profundamente influenciado ou com fortes raízes na arquitetura militar medieval ibérica. Exatamente essas estruturas serviram de apoio para o expansionismo português na África, Índia e América. A reflexão tem por base cinco elementos arquitetônicos medievais que sofrem adaptações e que perduram nas estruturas modernas com funções importantes: o Cubelo, a Couraça, as Ameias, a Barbacã e a torre de Menagem.

Disponível em: http://seer.ufrgs.br/aedos/article/viewFile/22304/13120

  • Article - Proceedings
  • Edison Bisso Cruxen
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
  • 2011
  • Porto Alegre
  • Portuguese
  • In: V Encontro Luso-Brasileiro de História Medieval. AEDOS ISSN - 1984-5634, v.3, n.9 (2011). p. 113 à 129.
  • Download

Contribution

Updated at 10/04/2015 by the tutor Projeto Fortalezas Multimidia (Jefté).



Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Bibliography > A Arquitetura Militar Portuguesa no período de Expansão Ultramarina e suas origens medievais