Nova artilharia instalada na Fortaleza de Anhatomirim, em 1891

O jornal República, datado de 27 de outubro de 1891, informou que foram instalados na Fortaleza de Anhatomirim, na bateria sudeste (SE), alguns canhões de ferro fundido, alma lisa, montados sobre as suas respectivas carretas (reparos). Essas peças cobriam um ângulo de tiro superior a 180 graus, abrangendo desde a Ponta da Armação (da Piedade), até muito a oeste das ilhas de Ratones, passando pela Ilha do Arvoredo, praia de São Francisco (atual Jurerê) e Ponta Grossa.

O armamento foi testado com êxito, inicialmente com pólvora seca e posteriormente com "tiros de bala". Os testes foram presididos pelo major comandante da Fortaleza de Anhatomirim e pelo major inspetor das fortificações dos Estados do Sul. O jornal comenta que seria recomendável que uma artilharia semelhante fosse também instalada nas fortalezas de Ratones, Ponta Grossa e Araçatuba.

  • Printed Document
  • República
  • 1891
  • Florianópolis
  • Portuguese
  • In: República, nº 572, ano III, Desterro, 27 de outubro de 1891, p. 1. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/711497x/2067; acesso em 18/08/2017.
  • Download

Contribution

Updated at 28/08/2017 by the tutor Projeto Fortalezas Multimídia (Daniela Marangoni Costa).



Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Bibliography > Nova artilharia instalada na Fortaleza de Anhatomirim, em 1891