Providências médicas e sanitárias referentes às fortificações de Ratones, Santana e Anhatomirim

O jornal O Despertador, datado de 5 de junho de 1880, divulgou parte do relatório do fim do expediente de maio do Governo da Província de Santa Catarina, que, entre outras providências determinou: a dispensa do médico, Dr. Symphronio Olympio Alvares Coelho, da comissão de médicos do Lazareto de Ratones; o pagamento da gratificação ao médico, Dr. Alexandre Marcellino Bayma, encarregado da enfermaria estabelecida no Forte de Santana para tratar os casos de Febre Amarela; o pagamento da gratificação ao médico Dr. Pedro Gomes d'Argollo Ferrão, substituto do Dr. Bayma na mesma função; a suspensão dos serviços de observação e lazareto nos portos da província, ficando sob a responsabilidade da Fortaleza de Santa Cruz receber e guardar todos os pertences e mobílias utilizadas naqueles serviços.

  • Printed Document
  • Jornal O Despertador
  • 1880
  • Florianópolis
  • Portuguese
  • In: O Despertador, nº 1798, ano XVIII, Desterro, 5 de junho de 1880, p. 1-2. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/709581/6960; acesso em: 11/09/2017.
  • Download

Contribution

Updated at 04/01/2018 by the tutor Projeto Fortalezas Multimídia (Daniela Marangoni Costa).



Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Bibliography > Providências médicas e sanitárias referentes às fortificações de Ratones, Santana e Anhatomirim