Troca de comando nas fortificações catarinenses (1870)

O jornal O Despertador, datado de 22 de fevereiro de 1870, publicou o relatório de expediente do Governo da Província de Santa Catarina relativo ao mês de janeiro daquele ano. No dia 3 foi ordenado ao comandante da Fortaleza de Santo Antônio de Ratones para que prestasse mais atenção aos sinais telegráficos feitos na Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim, e menciona o equívoco ocorrido naquele dia, quando um sinal feito com uma bandeira encarnada (vermelho), azul e branco foi respondido por Ratones com um outro sinal muito diferente.

No dia 10, foi determinado ao tenente-coronel Ferreira que entregasse o comando do Forte de São João ao capitão graduado reformado do Exército, Agostinho Francisco Coelho, que havia sido nomeado pelo Ministério da Guerra no dia 18 de dezembro do ano anterior.

O alferes reformado do Exército, Francisco de Paula Costa, foi nomeado pelo mesmo ministério para comandar a Fortaleza de São José da Ponta Grossa, que se encontrava então a cargo do comandante da Fortaleza de Anhatomirim.

  • Printed Document
  • Jornal O Despertador
  • 1870
  • Florianópolis
  • Portuguese
  • In: O Despertador, nº738, ano VIII, Desterro, 22 de fevereiro de 1870, p. 2. Disponível em: http://memoria.bn.br/docreader/709581/2839; acesso em 07/12/2017.
  • Download

Contribution

Updated at 28/03/2018 by the tutor Projeto Fortalezas Multimídia (Daniela Marangoni Costa).



Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Bibliography > Troca de comando nas fortificações catarinenses (1870)