Relatório do Ministro da Guerra, Hermes Rodrigues da Fonseca, em maio de 1907

"Relatório apresentado ao Presidente da República dos Estados Unidos do Brasil pelo marechal Hermes Rodrigues da Fonseca, Ministro de Estado da Guerra, em maio de 1907."

A respeito das fortificações, o relatório informa, na página 8, que as colônias militares de Chapecó (SC) e Chopim (PR) deveriam ser emancipadas, pois não eram mais necessárias para a defesa do território. As colônias militares do Iguaçu (PR) e Alto Uruguay (RS), no entanto, ainda aparecem como importantes pontos de defesa fronteiriça. Ainda sobre colônias militares, a página 40 traz informações gerais sobre as características e funcionamento daquelas remanescentes: Iguaçu, Chapecó, Chopim e Alto Uruguay.

O relatório menciona, na página 70, a necessidade de obras na Fortaleza de Nossa Senhora das Mercês da Barra de Belém e no Forte do Castelo do Senhor Santo Cristo do Presépio de Belém (PA). O Forte de São João Batista do Brum é citado na página seguinte como uma construção que também necessitava de reformas em sua estrutura.

O relatório aponta ainda a ruína dos fortes Madame Bruyne (Buraco), São Francisco da Barra, Nossa Senhora dos Prazeres da Praia do Pau Amarelo, São Francisco Xavier da Praia de Gaibú, Nossa Senhora de Nazaré, Santo Inácio de Tamandaré, Santa Cruz de Itamaracá (Orange), Nossa Senhora dos Remédios de Fernando de Noronha e São Francisco de Olinda (PE). Até a página 80 são mencionadas reformas nos fortes de Nossa Senhora do Pópulo e São Marcelo (BA), da Prainha, Duque de Caxias de Itaipu (SP), Dom Pedro II do Imbuhy e Tamandaré da Laje (RJ).

Na página 95, consta a informação de que quatro canhões Krupp foram transferidos do Forte do Castelo do Senhor Santo Cristo do Presépio de Belém para a Fortaleza de Nossa Senhora das Mercês da Barra de Belém (PA).

Em anexo, na página 245 do arquivo PDF, consta menção ao processo que mandou prender, na Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim, o soldado Pedro Luiz Jovino dos Santos. A seguir, as páginas 250 e 251 do arquivo PDF mencionam os mandatos intimatórios expedidos pelo Conselho de Guerra contra praças que haviam se revoltado na Fortaleza de Santa Cruz da Barra em 1906.

Entre as páginas 412 e 439 do arquivo PDF, há um documento informando a denominação e classificação, os diferentes estados e ordens em que devem ser consideradas as fortificações, seu armamento, comandantes, estados-maiores, funções e posse das fortificações da República.

  • Printed Document
  • Hermes Rodrigues da Fonseca
  • Imprensa Nacional
  • 1907
  • Rio de Janeiro
  • Portuguese
  • Relatório do Ministério da Guerra, 1907, 531 p. Disponível em: http://memoria.bn.br/pdf/720950/per720950_1907_00001.pdf. Acesso em: 27/05/2019.
  • Download

Contribution

Updated at 29/05/2019 by the tutor Projeto Fortalezas Multimídia (Nicole Kirchner da Silva).



Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Bibliography > Relatório do Ministro da Guerra, Hermes Rodrigues da Fonseca, em maio de 1907