Relatório do Presidente da Província do Rio de Janeiro, Ignacio Francisco Silveira da Motta, em agosto de 1859

“Relatório apresentado à Assembleia Legislativa Provincial do Rio de Janeiro, na 2ª sessão da 12ª legislatura, pelo Presidente, o doutor Ignacio Francisco Silveira da Motta.”

A respeito de fortificações o relatório menciona, na página 15, aquelas existentes em Macaé, Cabo Frio, Angra dos Reis, Paraty e Mangaratiba (RJ), especificando ainda a quantidade de peças de que o armamento de cada uma delas dispunha. Em anexo na página 91 do arquivo PDF, um mapa lista a força destacada para atuar nestas fortificações, enquanto a página 94 do arquivo PDF lista seus armamentos.

A cidade de Mangaratiba volta a ser citada, na página 39, por possuir uma das 39 prisões da província; no entanto, a prisão era improvisada em um “xadrez” da fortificação localizada na cidade, que não possuía estrutura suficiente para deter mais de seis indivíduos, e estes tampouco poderiam ser aprisionados separadamente, de acordo com seus delitos, pois não havia celas individuais.

  • Printed Document
  • Ignacio Francisco Silveira da Motta
  • Typographia da Patria, de Moura & Miranda
  • 1859
  • Rio de Janeiro
  • Portuguese
  • Relatório da Província do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1859, 129 p. Disponível em: http://ddsnext.crl.edu/services/download/pdf/4732?from=000001&to=000128. Acesso em: 29/05/2020.
  • Download

Contribution

Updated at 02/06/2020 by the tutor Projeto Fortalezas Multimídia (Nicole Kirchner da Silva).



Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Bibliography > Relatório do Presidente da Província do Rio de Janeiro, Ignacio Francisco Silveira da Motta, em agosto de 1859