Fortificações militares de Faro da Idade Média

Não são muitos os vestígios da arquitetura militar medieval facilmente identificáveis em Faro, quando comparados com outros núcleos urbanos do ocidente peninsular, como Sevilha, Niebla ou Silves. De fato, as catástrofes naturais, associadas às sistemáticas demolições, construções e reconstruções acabaram por afetar a percepção do comum visitante quanto a um patrimônio histórico cujo estudo, defesa e salvaguarda servem estrategicamente os mais altos interesses culturais, turísticos e econômicos da nossa capital de distrito. Ainda assim, um olhar mais atento permite vislumbrar mais que pontuais vestígios, nomeadamente, no que se refere a vários elementos do sistema defensivo da antiga cidade medieval, como os panos de muralha, as torres, as entradas em cotovelo ou a alcáçova.

É nesse sentido que o presente trabalho pretende abordar, ainda que em traços manifestamente gerais, as fortificações militares de Faro para a balizagem cronológica compreendida entre inícios do período medievo-islâmico e finais do período medievo-cristão.

  • Article - Proceedings
  • Fernando Pessanha
  • União das Freguesias de Faro
  • 2018
  • Faro
  • Portuguese
  • in: Anais da União das Freguesias de Faro (Sé e São Pedro), vol. I, p. 70-82.
  • Download

Contribution

Updated at 02/06/2020 by the tutor Projeto Fortalezas Multimídia (Jéssica Pedrini).



Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Bibliography > Fortificações militares de Faro da Idade Média