Bahia: visão geral da capitania (1500-1697)

O Brasil como colónia portuguesa tornou-se na nova índia para o país ibérico. O que na data do seu descobrimento era apenas uma linha de costa que não mostrava sinais de riqueza veio a revelar-se mais que isso. Produtos como madeira, escravos, açúcar em primeira estância vieram a revelar a grande potencialidade económica do território e a criar interesse nas potências do velho continente.

A escolha do tema deveu-se especialmente pela grande importância que teve esta capitania durante o império português ultramarino. Se há, a meu ver uma região a ser destacada durante a época de descobrimentos, Bahia é uma dessas zonas e no trabalho iremos ver o porquê. O subtítulo mostra mais que tudo a falta de tempo que este trabalho teve para a sua realização e como tal não poderia ser muito específico com risco a ser muito demorada a sua execução. A data de abordagem entre 1500-1697 foi um espaçamento temporal que arranjei no decorrer do trabalho, 1500 porque é a data atribuída ao descobrimento do Brasil, 1697 porque é a data atribuída à descoberta do ouro. Achei por bem por 1697, não porque trabalhei todo o tempo até essa data mas porque pretendia uma travagem com o despoletar desta nova economia e não mostrava interesse para este trabalho uma vez que alongaria muito o tema e porque o ouro veio a tirar grande centralidade politica à Bahia.

  • Monograph
  • Mário R. R. Oliveira
  • Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
  • 2016
  • Lisboa
  • Portuguese
  • In: Seminário em História dos Descobrimentos e da Expansão Portuguesa (TP4), professores doutores Francisco Contente Domingues e João Cosme (Orientador). 38 p., il. Color.
  • Download

Contribution

Updated at 22/01/2021 by the tutor Roberto Tonera.



Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Bibliography > Bahia: visão geral da capitania (1500-1697)