Search for Bibliography

Printed Document, 1880

Desativação dos serviços de observação e lazareto nas fortificações de Santa Catarina

O jornal O Despertador, datado de 5 de junho de 1880, publicou o relatório do expediente do governo da Província de Santa Catarina relativo ao mês de maio daquele ano. Os diversos despachos informam sobre a suspensão dos serviços de observação e lazareto nos portos da província. Em função dessa suspensão, foi ordenado ao comandante da Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim receber e ter em guarda os objetos de mobília, roupa, etc. ali utilizados naquele serviço. Pela mesma razão, o Dr. Symphronio Olympio Alvares Coelho foi dispensado da função de médico do lazareto da Fortaleza de Santo Antônio de Ratones. O mesmo documento trata também das gratificações a serem recebidas pelos médicos Alexrandre Marcelino Bayma e Pedro Gomes de Argollo Ferrão, encarregados sucessivamente da enfermaria especial de febre amarela instalada no Forte de Santana. O documento informa ainda sobre a exoneração do capitão reformado do Exército, José Caetano d'Oliveira Rocha, da função de ajudante da Fortaleza de Anhatomirim, sendo substituído pelo alferes honorário do Exército, Manoel Leopoldo Pires.

see more


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Search for Bibliography