Fort of Pungo Andongo

Kacuso, Malanje - Angola

O "Forte de Pungo Andongo", também referido como “Fortaleza de Pungo Andongo” (de "Pungo N'dongo", com o significado de "Pedras Altas", embora também referido como "Pedras Negras") localiza-se na vila de Pungo Andongo, no município do Kacuso, na província de Malange, em Angola.

Ambaca, Cambambe, Massangano, Muxima e Pungo Andongo foram os grandes presídios angolanos: foi neles que de afirmou o domínio Português quando os Neerlandeses dominaram o litoral no século XVII. Dotados de guarnições militares, constituíam as circunscrições administrativas fundamentais do território, sendo chefiados por capitães-mores nomeados pela Coroa ou por regentes, designados pelo Governador-geral. A partir deles desenvolveu-se a penetração comercial, religiosa e política no território; deles partiam as expedições militares e neles buscavam refúgio os colonos em caso de maior perigo. ("Presídios de Angola", in SERRÃO, Joel (dir.). "Dicionário de História de Portugal (4 vols.)". Lisboa: Iniciativas Editoriais, 1971. Vol. III, p. 474-475.)

História

Pelas suas características topográficas e geomorfológicas o maciço de Pungo N’dongo foi utilizado como fortificação para os reis Ngola, tendo sido, nessa época, a capital do Reino do Ndongo.

A fortificação europeia foi erguida em 1671, com a função de defesa do presídio (estabelecimento de colonização militar) que assegurava a presença militar Portuguesa e seu comércio na região. À época, este constituía-se no limite leste da efetiva presença portuguesa em Angola.

Até meados do século XIX o presídio e a sua guarnição foram governados por um Capitão-mor.

Aqui esteve desterrado, sem acusação formada, na segunda dácada de 1770, José de Seabra da Silva, Secretário de Estado Adjunto do Marquês de Pombal (1771-1774). Seabra da Silva acreditava que em virtude de uma intriga urdida por João Cosme da Cunha, o "Cardeal da Cunha".

Atualmente a fortificação encontra-se em ruínas, referida como ponto de visitação turística na região.

Bibliografia

"Notícias do Presídio das Pedras de Pungo Andongo do Reino de Angola", por Joaquim Xavier, tenente regente para [D. Miguel António de Melo], governador e capitão-general de Angola e das ilhas dos Açores (...). 1797". in Col. Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, DL 29,14 (Projeto Acervo Digital Angola-Brasil)

LIVINGSTONE, David. Missionary Travels and Researches in South Africa. [S.l.]: Harper & Bros., 1858. 456 p.

OYEBADE, Adebayo. Culture and Customs of Angola. [S.l.]: Greenwood Publishing Group, 2006. 102 p. ISBN 9780313015298

Contribution

Updated at 05/06/2018 by the tutor Carlos Luís M. C. da Cruz.


  • Fort of Pungo Andongo

  • Fortaleza de Pungo Andongo

  • Fort

  • 1671 (AC)




  • Portugal









  • Tourist-cultural Center

  • ,00 m2

  • Continent : Africa
    Country : Angola
    State/Province: Malanje
    City: Kacuso



  • Lat: 9 40' 10''S | Lon: 15 -36' 41''E










Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Fortification > Fort of Pungo Andongo