Forte de São Felipe da Bertioga

Guarujá, São Paulo - Brazil

Search for fortification's images

Date 1 Date 2

Medias (1)

Images (1)

O Forte de São Felipe da Bertioga localizava-se na ponta da Baleia, no sopé do morro da Armação, extremo nordeste da ilha de Santo Amaro, atual município do Guarujá, no litoral do Estado de São Paulo.

Após o ataque de c. 1548 à Casa-forte da Bertioga (STADEN, 1947:74), cuja estrutura foi reforçada (Forte de São Tiago), os índios Tupinambá de Ubatuba passaram a evitar essa posição, o que levou à ereção de nova posição defensiva, na ilha fronteira de Santo Amaro. Hans Staden narra:

"Como os inimigos agora percebessem que a povoação estava fortificada demais para que pudessem atacá-la, passaram-lhe ao pé uma noite, furtivamente, e chegaram [em canoas] através do canal entre a ilha e o continente até às proximidades de São Vicente. Aí fizeram prisioneiros a quantos puderam, pois os moradores de São Vicente não haviam cogitado de perigo algum, pensando estar abrigados por Bertioga fortificada. Tiveram que sofrer as conseqüências de tal suposição.

Determinaram por isso construir bem em frente de Bertioga, na ilha de Santo Amaro, próximo ao mar, uma casa, destinando-lhe uma guarnição e peças de artilharia com tenção de impedir a passagem dos índios. Assim já haviam encetado a construção de uma fortaleza na ilha, mas não a tinham terminado porque, como me contaram, nenhum artilheiro português queria aí arriscar-se.

Fui lá e examinei a situação do lugar. Quando os habitantes souberam que eu era alemão e que entendia um pouco do manejo de canhões, propuseram-me que me estabelecesse na casa da ilha e que os ajudasse na espreita do inimigo. Poriam aí alguma gente e me pagariam bem. Disseram também que se eu aceitasse isso saberia o Rei de Portugal agradecer-me, pois costumava ser um soberano generoso especialmente para com aqueles que o ajudavam e assistiam nas novas terras.

Combinei com eles servir quatro meses na casa. Então devia chegar um encarregado do Rei com navios e construir um edifício de pedra seguro, que tinha de ser mais forte. E assim se fez.

A maior parte do tempo passei eu na casa com dois outros homens. Tínhamos alguns canhões, estávamos porém em grande perigo e nunca seguros diante dos índios, pois a casa não era muito sólida. (...)

Depois de alguns meses chegou o lugar-tenente do Rei [o Governador Geral Tomé de Souza (1549-53), que visitou a Capitania de São Vicente no início de 1553], pois a Câmara havia escrito a Sua Magestade com que insolência se portavam os inimigos que vinham do Norte, como era bonita a terra e que não seria avisado abandoná-la. (...) Ele inspecionou a região da Bertioga e também o lugar que a Câmara quisera fortificar. (...)

Sobre isso [a prorrogação por dois anos do contrato de serviços de Staden, e sua futura recompensa pelo Rei] passou-me o lugar-tenente um contrato em nome do Rei, como o recebem os artilheiros reais, quando o solicitam.

Construiu-se a fortaleza de pedra, pondo-se nela alguns canhões. O forte e estas peças me foram confiados; devia vigiá-los e manter boa guarda." (STADEN, 1974:76-77)

Infere-se do relato que existiam duas estruturas: (a) desde 1552, a casa-forte, artilhada, onde Staden serviu inicialmente por quatro meses, e (b) desde 1553, após a visita de Tomé de Souza, a fortificação, artilhada (BARRETTO, 1958), confiada a Staden pelo contrato de dois anos. Alguns autores atribuem a primeira ao fidalgo português Jorge Ferreira, que acompanharia Estácio de Sá (1510-67) na campanha do Rio de Janeiro (1565-67), participando da fundação daquela cidade (1567), e mais tarde dando combate aos franceses no litoral de Cabo Frio (1572-73), onde se radicaria com a família e escravos. Esta construção do capitão-mor Jorge Ferreira, constituía-se de pedra e cal, erguida em apenas dois meses (Forte de São Felipe. In: Patrimônio:70 anos em São Paulo). Outra personalidade vicentina, de destaque nesses mesmos eventos foi o genovês José Adorno, que acompanhou o jesuíta padre José de Anchieta na luta pela fundação do Rio de Janeiro, tendo ajudado com o envio de um reforço militar a Estácio de Sá, sob o comando do alemão Heliodoro Hessus, guarda-livros do seu engenho São João, até à vitória decisiva de 20/jan/1567. Hessus, à testa desses homens, viria a perecer no assalto a um navio francês no Cabo Frio, a 08/jun/1568. José Adorno acompanharia o Capitão-mor Jerônimo Teixeira na Campanha do Cabo Frio em 1575 contra os tupinambás, ganhando três sesmarias pelos serviços prestados: uma na Carioca, outra em Niterói, e a última no sertão (STADEN, 1974:78, 80).

A posição foi reforçada pelos portugueses em 1557, guarnecida por Pascoal Fernandes, Condestável das fortalezas e sítios da Bertioga, que residia no forte, isolado com a esposa e filhos (SANTOS, 1948). Encontra-se cartografada por Luís Teixeira (Mapa de São Vicente, c. 1573. Biblioteca da Ajuda, Lisboa). Com as atençõs voltadas para o litoral nordestino durante o século XVII, houve o abandono e consequente ruína das fortificações do Canal da Bertioga, principalmente do Forte de São Felipe.

Com o governo do morgado de Matheus, Luís Antonio de Souza Botelho Mourão, a partir de 1765, o forte foi reconstruído e ampliado, dando lugar a Fortaleza de São Luís da Armação, em homenagem a este mesmo governador (Forte de São Felipe. In: Patrimônio:70 anos em São Paulo).



 Related character


 Print the Related character

Related bibliography 

Fortificações do Brasil: Resumo Histórico
Anníbal Barretto

Book
1958
 
Fortificações no Brasil
Augusto Fausto de Souza

Article
1885
 
Fortificações Portuguesas no Brasil
Arnaldo Manuel de Medeiros Ferreira

Book
2004
 
Cidades e fortes coloniais
Nestor Goulart Reis Filho
Beatriz Piccolotto Siqueira Bueno

Article - Magazine
2002
 
Arquitetura Militar: um panorama histórico a partir do Porto de Santos
Adler Homero Fonseca de Castro
Carlos A. C. Lemos
Victor Hugo Mori

Book
2003
 
Circuito Turístico dos Fortes: Região Metropolitana da Baixada Santista.
Elcio Rogério Secomandi

Book
2005
 
Forte de São Felipe
Carlos A. C. Lemos
Victor Hugo Mori
Clara Correia d'Alambert

Chapter
2008
 
Fortes e Fortificações do Litoral Santista
J. Muniz Jr.

Book
1982
 
Fortalezas Multimídia
Roberto Tonera

Cd-Rom
2001
 
Actas virtuais do 6° Seminário Regional de Cidades Fortificadas e 1° Encontro Técnico de Gestores de Fortificações
Universidade Federal de Santa Catarina

Annals
2010
 
História de Bertioga
Carlos Eduardo de Castro

Article
2010
 
Defesa do Porto de Santos. Fortins, Fortes, Fortalezas...preservar é preciso
Elcio Rogério Secomandi

Article
2010
 
Casa do Trem Bélico (1734): resgate das fortificações coloniais de defesa do Porto de Santos pelo aproveitamento turístico
Elcio Rogério Secomandi

Article
2010
 
A primeira e a última linhas de tiro do Brasil: as fortalezas de Santos
Sergio Willians

Article
2011
 
Uma relíquia notabilíssima a conservar: o Forte de São Tiago da Bertioga
Afonso d'Escragnolle Taunay

Article - Magazine
1937
 
Do borrão às aguadas: os engenheiros militares e a representação da Capitania de São Paulo
Beatriz Piccolotto Siqueira Bueno

Article - Proceedings
2009
 
 

 Print the Related bibliography



Related links 

Forte de São Filipe da Bertioga
Página da Enciclopédia Wikipédia versando sobre o Forte de São Filipe da Bertioga que localizava-se na ponta da Baleia, no sopé do morro da Armação, extremo nordeste da ilha de Santo Amaro, atual município do Guarujá, no litoral do Estado de São Paulo, no Brasil.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Forte_de_S%C3%A3o_Filipe_da_Bertioga
Arquivo Noronha Santos
Link para o Arquivo Noronha Santos, pertencente ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional -IPHAN, que dispõe de uma base de dados sobre os bens culturais tombados nacionalmente, inclusive as fortificações no Brasil. Para encontrar as fortificações, faça uma pesquisa (busca) na seção Livros do Tombo.

http://www.iphan.gov.br/ans/inicial.htm
Fortificações de Guarujá
Website da Prefeitura Municipal de Guarujá, versando sobre as seguintes fortificações: Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande, Forte dos Andradas, Forte de São Felipe ou São Luiz, Ermida de Santo Antônio do Guaibê e Fortim do Góes. Todas as fortificações estão ou estavam localizadas no município de Guarujá, Estado de São Paulo.

http://www.portaldoguaruja.com.br/sys/templates/v2/conteudo.asp?indice...
Novo Milênio: História e lendas de Santos
Site dedicado à transcrição do primeiro capítulo (A Vila de Santos) da obra Os Andradas, publicada em 1922 por Alberto Sousa (Typographia Piratininga, São Paulo/SP) - acervo do historiador Waldir Rueda. No site, além de uma minuciosa descrição de como surgiu e evoluiu a cidade santista, e seu estado atual, há um subtítulo dedicado ao estudo das fortificações construídas na Vila de Santos. O site Novo Milênio é mantido pelo jornalista Carlos Pimentel Mendes.

http://www.novomilenio.inf.br/santos/h0300i.htm
Forte de São Felipe da Bertioga
Website Novo Milênio, versando sobre o Forte de São Felipe da Bertioga, que se localizava na ponta da Baleia, no sopé do morro da Armação, extremo nordeste da ilha de Santo Amaro, atual município do Guarujá, no litoral do Estado de São Paulo. Apresenta fotos e planta.

http://www.novomilenio.inf.br/guaruja/gfoto015.htm

 Print the Related links

Contribution

Updated at 23/05/2013 by the tutor Projeto Fortalezas Multimidia (Mayra).

With the contribution of contents by: Carlos Luís M. C. da Cruz.

Contributions with medias: Projeto Fortalezas Multimidia (Elisangela) (1).


  • Forte de São Felipe da Bertioga


  • Fort

  • 1552 (AC)

  • 1573 (AC)

  • Jorge Ferreira

  • Tomé de Souza

  • Portugal


  • Abandoned Ruins

  • National Protection
    O tombamento, por extensão, abrange toda a área que pertence ao Forte, inclusive aquela onde se encontram os restos da antiga armação de pescas de baleias, também chamada Santo Antônio do Guaibé.
    Livro Histórico: Inscrição:381, Data:31-3-1965.
    Nº Processo:0752-T-64.
    Fonte: Disponível em: <ttp://www2.iphan.gov.br/ans/inicial.htm>. Acesso em 19/05/2008.





  • Ruins

  • ,00 m2

  • Continent : South America
    Country : Brazil
    State/Province: São Paulo
    City: Guarujá

    Localizava-se na ponta da Baleia, no sopé do morro da Armação, extremo nordeste da ilha de Santo Amaro, atual município do Guarujá, no litoral do Estado de São Paulo.


  • Lat: 23 51' 35''S | Lon: 46 8' 8''W






  • Foi sucedido, a partir de 1765 no mesmo local, pelo Forte de São Luís da Armação.




Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Fortification > Forte de São Felipe da Bertioga