Balvenie Castle

Dufftown, Scotland - United Kingdom

Search for fortification's images

Date 1 Date 2

Medias (2)

Images (2)

O “Castelo de Balvenie” (em inglês, “Balvenie Castle”) localiza-se em Dufftown, no município ("council") de Moray, na Escócia.

História

Originalmente conhecido como Mortlach, foi construído no século XII por um ramo da poderosa família Comyn (os “Black Comyns”) e ampliado e alterado nos séculos XV e XVI.

O castelo perdeu a sua função estratégica no início do século XIV, quando os Comyns foram submetidos por Robert, o Bruce. Em algum momento desse mesmo século o castelo e o senhorio de Balvenie passaram para o condado de Douglas. Não há registos de como os Douglas adquiriram o castelo, mas a hipótese mais provável é a de que ele tenha vindo com o casamento da herdeira Joanna Murray para Archibald, “the Grim”, 3.º conde de Douglas em 1362. O seu filho e sucessor Archibald Douglas, 4.º conde de Douglas concedeu o senhorio de Balvenie em 1408 ao seu irmão mais novo, James Douglas, 7.º conde de Douglas, mais tarde conhecido como James “the Gross”. A residência principal de James era o Castelo de Abercorn, uma fortificação costeira a oeste de Edimburgo, e o Castelo de Balvenie passou a ser utilizado como acomodação temporária quando necessário.

Em 1440, William Douglas, 6.º conde de Douglas, foi assassinado por Jaime II da Escócia, e o irmão mais velho, James, “the Gross”, possivelmente cúmplice do assassinato, tornou-se 7.º conde de Douglas. James passou de imediato o senhorio de Balvenie (com o seu castelo) para o seu filho mais novo, John Douglas, doravante senhor de Balvenie. A morte do conde James em 1443 marcou uma retomada da hostilidade entre os Stewarts reais e os “Black Douglases”. A batalha de Arkinholm (maio de 1455) culminou na derrota destes últimos - a linhagem principal dos Douglas - por um exército leal a Jaime II da Escócia. Todas as terras e títulos dos vencidos foram confiscados pela Coroa, incluindo o Castelo de Balvenie. O soberano repartiu as propriedades entre os seus apoiantes, onde se incluía o Douglas conde de Angus e doou o Castelo de Balvenie a Sir John Stewart, que viria a ser mais tarde o 1.º conde de Atholl.

No contexto dos Levantes Jacobitas (1688-1746) o castelo foi utilizado como quartel. Embora tenha sido abandonado em 1720, voltou a ser brevemente guarnecido por tropas do Governo em 1746.

Em mãos privadas – o seu atual proprietário é Jeremy Duncan Nicholson, barão de Balvenie, que reside em Atlanta, Geórgia, nos EUA -, em nossos dias as suas ruínas estão sob a gestão da Historic Environment Scotland.

O castelo está aberto ao público do início de abril ao fim de setembro.

O whisky de Balvenie é produzido por William Grant & Sons na destilaria de Balvenie, no sopé da colina do castelo.

Contribution

Updated at 04/05/2018 by the tutor Carlos Luís M. C. da Cruz.

Contributions with medias: Carlos Luís M. C. da Cruz (2).


  • Balvenie Castle


  • Castle





  • United Kingdom


  • Conserved Ruins

  • National Protection


  • Historic Environment Scotland



  • Tourist-cultural Center

  • ,00 m2

  • Continent : Europe
    Country : United Kingdom
    State/Province: Scotland
    City: Dufftown



  • Lat: 57 -28' 49''N | Lon: 3 7' 30''W










Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Fortification > Balvenie Castle