Fortress of the Reis Magos de Goa

Mapusa, Goa - India

Search for fortification's images

Date 1 Date 2

Medias (3)

Images (3)

A “Fortaleza dos Reis Magos de Goa”, também referida como “Fortaleza de Bardez”, localiza-se na margem direita da foz do rio Mandovi, no concelho de Bardez, distrito de Goa Norte, no estado de Goa, na costa oeste da Índia.

História

Antecedentes


Goa foi conquistada pelo segundo Vice-rei do Estado Português da Índia, D. Afonso de Albuquerque (1509-1515), durante a sua segunda ofensiva, em 25 de novembro de 1510. Foi por ele escolhida para sediar a capital do Vice-reino da Índia, devido à excelência da sua posição, facilmente defensável quer pelo lado de terra e quer lado do mar. Para a sua defesa iniciou uma primeira fortificação - o chamado "Forte Velho de Goa" -, cujas obras são atribuídas ao Mestre de Pedraria Tomás Fernandes. A ela sucederam-se a Fortaleza dos Reis Magos e diversas linhas de defesa abaluartadas. Nas décadas seguintes a cidade passou a ser defendida por uma muralha e por um conjunto de fortificações, articuladas entre si, onde se destacavam a Fortaleza da Aguada, o Forte de Nossa Senhora do Cabo e o Forte de Pangim.

A Fortaleza dos Reis Magos

A atual fortaleza remonta a uma primitiva fortificação erguida em 1493 por Ismail Adil Shah, sultão de Bijapur (ou, de acordo com outras fontes, a um antigo templo hindu).

Bardez foi conquistada por forças portuguesas em 1541 vindo a primitiva fortificação a ser reconstruída e ampliada uma década mais tarde por missionários da Ordem dos Frades Menores, com recursos financeiros que lhes foram cedidos para esse fim por determinação do Vice-rei D. Afonso de Noronha (1551-1554). Sofreu um ataque em 1570. A couraça pelo lado do rio é-lhe posterior, erguida por determinação do Vice-rei Manuel de Souza Coutinho (1588-1591).

Deteriorada pelo tempo e pelos elementos, foi inteiramente reconstruída a partir de 1703, conseguindo resistir com sucesso ao ataque das forças do Império Maratha em 1739. Na sua defesa tomaram parte ativa os franciscanos, tendo diversos deles perecido em combate.

Entre 1798 e 1813 esteve ocupada por tropas britânicas.

Em 18-19 de dezembro de 1961 a intervenção militar das forças armadas da União Indiana ("Operação Vijay"), anexou Goa, Damão e Diu à Índia.

Foi utilizada como prisão desde o alvorecer do século XX até 1993 quando foi abandonada, ficando à mercê dos elementos, e começando a ruir.

Em 2008 teve início uma campanha de intervenção de conservação e restauro, com recursos do governo do estado de Goa, da fundação britânica "Helen Hamlyn Trust", e da organização não-governamental "Indian National Trust for Art and Cultural Heritage" (INTACH), vindo a antiga fortaleza a ser requalificada como centro cultural e atração turística.

Encontra-se classificada como "Monumento" pelo "Archaeological Survey of India" (ASI), sob o n.º S-GA-3.

Características

Exemplar de arquitetura militar, abaluartado.

A fortaleza é adjacente ao Colégio dos Reis Magos, fundado em 1555 pelos franciscanos, que a partir dessa instituição irradiaram o seu trabalho missionário na província de Bardez. Possui uma escadaria íngreme, murada de ambos os lados, que a comunica com o cais. Conta com uma fonte de água potável a pouca distância, a leste.



 Related character


 Print the Related character

Related bibliography 


 Print the Related bibliography

Contribution

Updated at 02/05/2015 by the tutor Carlos Luís M. C. da Cruz.

Contributions with medias: Carlos Luís M. C. da Cruz (3).


  • Fortress of the Reis Magos de Goa

  • Fortaleza de Bardez

  • Fortress

  • 1510 (AC)




  • Portugal


  • Restored and Well Conserved

  • National Protection
    Encontra-se classificado como "Monumento" pelo "Archaeological Survey of India" (ASI), sob o n.º S-GA-3.





  • Tourist-cultural Center

  • ,00 m2

  • Continent : Asia
    Country : India
    State/Province: Goa
    City: Mapusa



  • Lat: 15 -30' 13''N | Lon: 73 -49' 28''E






  • 2008: Campanha de intervenção de conservação e restauro, com recursos do governo do estado de Goa, da fundação britânica "Helen Hamlyn Trust", e da organização não-governamental "Indian National Trust for Art and Cultural Heritage" (INTACH).




Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Fortification > Fortress of the Reis Magos de Goa