Tommaso Benedetto

Italy

Tommaso Benedetto, também referido como Tommaso Benedetto da Pesaro, Tommazo Benedetto e Tomás Benedito (Pésaro, séc. XVI) foi um arquiteto e engenheiro militar italiano.

Biografia

Transferiu-se para Portugal em 1558, contratado pela então Regente, D. Catarina de Áustria, tendo ajudado a consolidar o estilo renascentista na arquitetura militar no país.

Sob a Regência do Cardeal D. Henrique (1562-1568), após o ataque de corsários franceses sob o comando de Pierre Bertrand de Montluc (“pirata Caldeira") ao Funchal (outubro de 1566), intentado e repelido em Angra no mesmo ano, foi enviado no ano seguinte (1567) aos Açores, ("Anais da Ilha Terceira", tomo I, cap. IV) juntamente com o também engenheiro de Pesaro, Pompeo Arditi (ou Ardicio), para orientarem a sua fortificação. Visitaram as ilhas de São Miguel, Terceira e Faial, de maior importância estratégica e, além delas, apenas a de São Jorge. Enquanto profissionais compreenderam que, vindo o inimigo forçosamente pelo mar, a defesa das ilhas deveria concentrar-se nos portos e ancoradouros, guarnecidos pelas populações locais, sob a responsabilidade dos respectivos concelhos.

Traçou, ainda nesse ano, o plano defensivo da Terceira, nomeadamente da cidade de Angra, implementado até ao fechamento da baía de Angra com uma extensa muralha, concluída em 1582. Nele se destacavam:

• o Castelo de São Sebastião, iniciado em 1572 para defesa do porto das Pipas;

• o Forte de Santo António do Porto Judeu (1573); e

• o Forte de São Sebastião, para defesa do chamado "Porto Novo".

A maior parte das fortificações previstas nesse plano só seria implementada no contexto da crise de sucessão de 1580, entre 1579 e 1583, por determinação do corregedor dos Açores, Ciprião de Figueiredo e Vasconcelos:

"Não havia naquele tempo [Crise de sucessão de 1580] em toda a costa da ilha Terceira alguma fortaleza, excepto aquela de S. Sebastião, posto que em todas as cortinas do sul se tivessem feito alguns redutos e estâncias, nos lugares mais susceptíveis de desembarque inimigo, conforme a indicação e plano do engenheiro Tomás Benedito, que nesta diligência andou desde o ano de 1567, depois que, no antecedente de 1566, os franceses, comandados pelo terrível pirata Caldeira, barbaramente haviam saqueado a ilha da Madeira, e intentado fazer o mesmo nesta ilha, donde parece que foram repelidos à força das nossas armas." (Op. cit.)

Na ilha de São Miguel terá sido responsável pela reformulação da traça do Forte de São Brás de Ponta Delgada (1569).

Para a ilha do Faial projetou o Forte de Santa Cruz da Horta e acredita-se ser ainda o responsável, na ilha de São Jorge, pelo projeto do Forte de Santa Cruz das Velas.

Bibliografia

CÂMARA, Teresa Bettencourt da. "Arquitectos e Mestres de Obras nos Açores do Renascimento, segundo Sousa Viterbo". in Boletim do Instituto Histórico da Ilha Terceira, vol. XLIV, 1986. pp. 355-364.

DRUMMOND, Francisco Ferreira. Anais da Ilha Terceira (fac-simil. da ed. de 1859). Angra do Heroísmo (Açores): Secretaria Regional da Educação e Cultura, 1981.

SOUSA VITERBO, Francisco Marques de. Dicionário Histórico e Documental dos Arquitectos, Engenheiros e Construtores Portugueses. Lisboa: INCM, 1988.

Contribution

Updated at 06/03/2015 by the tutor Carlos Luís M. C. da Cruz.




Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Character > Tommaso Benedetto