Pedro Miguel de Almeida Portugal e Vasconcelos

Portugal

Pedro Miguel de Almeida Portugal e Vasconcelos (17 de outubro de 1688 — 1756), 3.° conde de Assumar, 1.º marquês de Castelo Novo e 1.° marquês de Alorna. Administrador colonial português, exerceu os cargos de 3.° Governador e Capitão-mor da Capitania de São Paulo e Minas do Ouro, no Brasil, e o de 44.º Vice-Rei do Estado Português da Índia.

Biografia

Foi nomeado pela Coroa de Portugal como terceiro governador da Capitania de São Paulo e Minas de Ouro, visando manter a ordem entre os mineiros da região e garantir as rendas da Coroa. Chegou ao Brasil em julho de 1717, e desembarcou no Rio de Janeiro, onde permaneceu por alguns dias, seguindo viagem por mar até Santos e depois por terra até São Paulo, onde tomou posse da Capitania a 4 de setembro, em cerimônia solene na Igreja do Carmo. No final desse mês iniciou visita de inspeção às Minas Gerais.

Durante o seu governo no Brasil, herdou de seu pai o título de Conde de Assumar (1718).

Neste período salientou-se a sua atuação na repressão contra a Sedição de Vila Rica, popularmente conhecida como Revolta de Felipe dos Santos (1720): após ter simulado concordar com as reivindicações, estabelecendo a paz com os revoltosos, ordenou às suas tropas a invasão do arraial, tendo feito deter os cabeças. Felipe dos Santos foi amarrado a um cavalo e arrastado até à morte pelas ruas do arraial, enquanto as casas dos implicados eram incendiadas.

Em 1744 foi nomeado Vice-Rei da Índia, onde derrotou o rajá Bounsoló, com a tomada da Fortaleza de Alorna, pela qual foi lhe outurgado o título de 1º marquês de Alorna (1748).

Contribution

Updated at 16/03/2015 by the tutor Carlos Luís M. C. da Cruz.




Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Character > Pedro Miguel de Almeida Portugal e Vasconcelos