Duarte de Armas

Portugal

Duarte de Armas, também grafado como Duarte d'Armas (Lisboa, 1465 - Lisboa?, 1???), foi um escudeiro da Casa Real e "debuxador" (desenhista) português.

Biografia

Era filho de Rui Lopes de Veiros, escudeiro da Casa Real, bacharel em Direito Canónico e notário apostólico, que exerceu as funções de escrivão da Livraria Régia e da Torre do Tombo.

Hábil no desenho, foi encarregado por Manuel I de Portugal (1495-1521) de levantar o estado das fortificações da fronteira com o reino de Castela, o que fez em planta e em panorâmicas, com as respectivas medidas, sinais cartográficos e notas explicativas, de Castro Marim, no sul, a Caminha, no norte.

Além do manuscrito do chamado "Livro das Fortalezas" (Códices A e B), conhecemos apenas a referência a mais dois trabalhos deste profissional, também a mando de D. Manuel I:

- O levantamento das barras das praças de Azamor, Mamora, Salé e Larache, na costa de Marrocos, como integrante da Armada de D. João de Meneses em 1507 (GÓIS, Damião de. "Chronica do Felicissimo Rei Dom Emanuel". Lisboa, 1566, Parte II, Cap. XXVII.); e

- O debuxo de uma antiquíssima estátua equestre existente na ilha do Corvo (GÓIS, Damião de. "Chronica do Principe Dom Joam, rei que foi destes regnos, segundo de nome (...)". Lisboa, 1567, Capítulo IX.)

Acredita-se que em 1516 ainda vivia e trabalhava, em Lisboa, onde terá morrido em data ignorada.

Bibliografia

NUNES, António Lopes Pires. "Dicionário de Arquitetura Militar". Casal de Cambra: Caleidoscópio, 2005. 264p. il. ISBN 972-8801-94-7 p. 95.

Related fortifications

Contribution

Updated at 06/09/2014 by the tutor Carlos Luís M. C. da Cruz.




Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Character > Duarte de Armas