Álvar Núñes Cabeza de Vaca

Spain

Álvar Núñez Cabeza de Vaca (Jerez de la Frontera, 1488/1492 — Sevilla, 1558/1560) foi um conquistador espanhol, soldado, alcoviteiro, escravo dos nativos americanos, comerciante, curandeiro, governador da província do Rio da Prata, prisioneiro do seu próprio povo e escritor, conhecido por ter sido o primeiro europeu a descrever as Cataratas do Iguaçu e explorar o curso do Rio Paraguai. Como escritor, produziu La Relación (A Relação) e Naufragios (Naufrágios).

Após ter sido nomeado governador da província de Rio da Prata, Cabeza de Vaca voltou a América, em 1540 a fim de reestabelecer o assentamento de Buenos Aires. Havia estado antes no Novo Mundo entre 1527 e 1537, quando retornou à Espanha. Em sua segunda visita, Cabeza de Vaca desembarcou em terras hoje pertencentes ao Brasil, tendo chegado primeiramente à Ilha de Santa Catarina (atual Florianópolis), local o qual ao desembarcar com 250 homens e 26 cavalos, iniciou sua ida ao Sul da América, sendo assim, o primeiro europeu a seguir o Rio Paraguai e ver as cataratas do Iguaçu.

Após falhar em sua missão de reestabelecimento de Buenos Aires, foi mandado de volta à Europa em 1545, foi preso por má administração (fora aprisionado pelo seu próprio povo em 1546). Já na Europa, escreveu sobre sua segunda estadia na América, gerando a obra La Relación, acabou por morrer pobre, em Sevilha, aproximadamente do ano de 1559.

Em sua passagem pela Ilha de Santa Catarina (março de 1541) teria batizado duas ilhotas na Baía Norte com o nome de Ratones (Ratón Grande e Ratón Pequeno). Mais tarde, em 1740, a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones seria construída na maior dessas ilhas.

Fonte principal: http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%81lvar_N%C3%BA%C3%B1ez_Cabeza_de_Vaca consultada em 14/06/2012.

Contribution

Updated at 14/06/2012 by the tutor Roberto Tonera.




Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Character > Álvar Núñes Cabeza de Vaca