Malinta Hill

Manila, Manila - Philippines

Search for fortification's images

Date 1 Date 2

Medias (3)

Images (3)

A “Colina de Malinta” (em inglês: “Malinta Hill”), também referida como “Túnel de Malinta”, “Fortaleza de Corregidor” e, popularmente, como "A Rocha" (em inglês: “The Rock”), localiza-se na Ilha de Corregidor, nas Filipinas.

A ilha, na entrada da Baía de Manila, na ilha de Luzon, ficou conhecida por ter sido palco da Batalha de Corregidor (5-6 de maio de 1942), no início da Guerra do Pacífico (1941-1945), no contexto da Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Malinta” com o significado de “muitas sanguessugas” (“linta”, em tagalog, significa “sanguessuga”) é o nome da maior elevação da ilha (120 metros), sob a qual o complexo foi escavado.

História

Constitui-se num complexo de túneis construído pelo United States Army Corps of Engineers, com a função de depósito de munições e aquartelamento de tropas.

A sua construção, sem beneficiar de fundos atribuídos pelo Congresso dos Estados Unidos devido a acordos alcançados durante a Conferência Naval de Washington (1921-1922), e sem equipamentos novos, teve início em 1932 e o túnel principal e os 24 laterais foram concluídos em 1934. Dois outros conjuntos de túneis foram abertos até ao início da Segunda Guerra

O Corpo de Engenheiros do Exército alugou equipamentos obsoletos de mineradores de ouro em Baguio por uma taxa nominal e utilizou TNT condenada do Departamento de Artilharia. O explosivo entregue estava em pó, e teve que ser reacondicionado em cartuchos improvisados de páginas de revistas, que eram assim inseridos em buracos perfurados na rocha. A mão-de-obra utilizada foi fornecido pela Commonwealth das Filipinas na forma de 1.000 condenados da Antiga Prisão Bilibid, principal estabelecimento prisional de Manila. Uma companhia de engenheiros dos Philippine Scouts trabalhou na construção como contramestres e apontadores. O cimento para o betão usado para revestir os túneis foi adquirido aos japoneses.

Durante a Batalha de Corregidor, o terceiro túnel lateral do lado norte da entrada Leste serviu como Quartel-General das United States Army Forces in the Far East (USAFFE), sob o comando do general estadunidense Douglas MacArthur. O complexo também serviu como sede do governo da Commonwealth das Filipinas. Nas proximidades da entrada Oeste do túnel, na tarde de 30 de dezembro de 1941, Manuel L. Quezon e Sergio Osmeña fizeram seus juramentos de posse como presidente e vice-presidente da República das Filipinas em cerimónias simples com a presença de membros da guarnição.

Este complexo teve importante papel durante a Batalha das Filipinas (dezembro de 1941-maio de 1942) que resultou na rendição dos defensores e na vitória do Império do Japão.

Foi o último baluarte da defesa da ilha, alvo de massivos ataques das forças japonesas, que conduziram à rendição das forças estadunidenses e filipinas. A derradeira mensagem cifrada - "Execute Pontiac!" -, foi transmitida em 6 de maio de 1942 às 12:00AM. Era o código para a rendição das forças aliadas em Corregidor, enquanto sob o comando do Tenente-General Jonathan Wainwright.

Durante a retomada da ilha pelas forças estadunidenses em 1945, soldados japoneses que haviam ficado presos nos túneis após o bloqueio da entrada em resultado de tiros do USS Converse (DD-509) cometeram suicídio detonando explosivos dentro do complexo do túnel na noite de 23 de fevereiro de 1945. Os túneis laterais colapsados resultantes dessas explosões nunca foram escavados.

Em nossos dias, o Túnel Malinta é o cenário de uma apresentação audiovisual do artista nacional Lamberto V. Avellana acerca dos eventos ocorridos durante a Segunda Guerra Mundial, incluindo a evacuação do Presidente Quezon e do General MacArthur pelo Motor Torpedo Boat Squadron Three, de Corregidor para Mindanao, de onde, mais tarde, foram transportados para a Austrália. Quezon comandou um governo no exílio nos Estados Unidos durante o conflito.

Características

Exemplar de arquitetura militar, do tipo “bunker”.

O túnel principal desenvolve-se no sentido Leste-Oeste, na extensão de 253 metros, com 7,30 metros de largura por 5,50 metros de altura. A partir deste eixo principal, ramifica-se em 13 túneis no lado Norte e 11 no lado Sul, cada um com 49 metros de comprimento e 4,60 metros de largura.

Posteriormente foram abertos mais dois conjuntos de túneis: um a Norte, com a função de hospital de campanha com capacidade para 1.000 leitos, e outro, a Sul, com a função de intendência.



Related entries 

Bunker

 Print the Related entries

Contribution

Updated at 11/02/2021 by the tutor Carlos Luís M. C. da Cruz.

Contributions with medias: Carlos Luís M. C. da Cruz (3).


  • Malinta Hill

  • Túnel de Malinta, Fortaleza de Corregidor, A Rocha

  • Other

  • 1932 (AC)

  • 1934 (AC)



  • Philippines


  • Featureless and Well Conserved






  • Tourist-cultural Center

  • ,00 m2

  • Continent : Asia
    Country : Philippines
    State/Province: Manila
    City: Manila



  • Lat: 14 -24' 45''N | Lon: 120 -36' 37''E










Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Fortification > Malinta Hill