Da cidade e fortificação em textos portugueses (1540-1640)

O projeto de investigação que conduziu à composição deste livro foi semeado nessa encruzilhada simultaneamente epistemológica, disciplinar e temática e, como bem se vê, nela conseguiu germinar e frutificar. A historiadora da arte deslocada para o contexto científico da teoria e história da arquitetura e do urbanismo, partiu para uma pesquisa sobre a cultura portuguesa coeva sobre cidade e fortificação. Deparando-se com a necessidade de se inteirar, operar e integrar conhecimento sobre a ciência (essencialmente matemática) no período de estudo, foi também constatando que a resultante sobre a qual aplicara o vector central da sua investigação — um inquérito à tratadística portuguesa de fortificação nela buscando as componentes para uma cidade militar — era menos relevante que o processo que conduzira à formação desse corpus de conhecimento. Processo que, aliás, produziu outras resultantes além da cultura de fortificar, não tivessem sido os seus principais protagonistas filósofos, cartógrafos, arquitetos, matemáticos, artistas, poetas, etc. Gradualmente a autora embrenhou-se pois na investigação do processo e não da resultante, o que a levou à construção de uma obra que em vez de tratar o tema de um ponto de vista essencialmente hermenêutico-historiográfico, o instituiu em plataforma de reflexão epistemológica sobre a cultura arquitectónica e do território da 1ª modernidade portuguesa no seu contexto ocidental.

  • Thesis
  • Margarida Tavares da Conceição
  • Universidade de Coimbra
  • 2008
  • Coimbra
  • Portuguese
  • Tese de doutorado em Arquitectura (Teoria e História da Arquitectura) apresentada à Fac. Ciências da Universidade de Coimbra. Orientador: Prof. Dr. Walter Rossa. 509 p., il., pb.
  • Download

Contribution

Updated at 26/06/2020 by the tutor Projeto Fortalezas Multimídia (Jéssica Pedrini).



Print the contents


Register your email to receive news on this project


Fortalezas.org > Bibliography > Da cidade e fortificação em textos portugueses (1540-1640)